Arquivo de Julho, 2004

Porquê que os helicópteros da FA não entram no combate aos incêndios

Dirão os entendidos porque não estão preparados para esse tipo de acções. Direi eu mas que falta de inteligência de quem coordena as acções de combate a incêndios florestais por meios aéreos. Como sabemos a nossa Força Aérea encontra-se dotada com helicópteros de grande capacidade de carga que permite para além de transportar nos seus enormes porões, forças militares, também por vezes transportam veículos . Isso já foi mais que uma vez visto em manobras militares nomeadamente em Santa Margarida.
Ora embora os referidos helicópteros não estejam preparados para transportar aqueles baldes que usam os que agora estão envolvidos nos combates aéreos seria possível utilizar os existentes na Força Aérea que são vários desta forma:Os porões seriam carregados com dois ou três recipientes ou depósitos em plástico com alguma rigidez para suportarem e levarem cada uns
300 lts de água, teriam mesmo um formato arredondado e os helicópteros deslocar-se-iam quando houvesse fogos para a frente da linha do incêndio e abrindo o portão enorme que possuem na rectaguarda despejavam os ditos depósitos que ao cairem no chão rebentavam e inundavam de água uma zona na qual não seria possível o fogo progredir independentemente da sua intensidade.
Entretanto com a utilização deste método evitava-se a contratação das empresas de aviação que continuam interessadas em manter o negócio. Últimamente recorre-se com alguma frequência aos comités de sábios para resolução de determinados problemas estou-me a lembrar do estudo sobre a co-incineração que deve ter custado uns largos milhares de euros e no fim não serviu para nada. Porque não se contratam outros para resolver os vários problemas com que o País se confronta.

O estudo do impacto ambiental do túnel

Está concluído e pelos vistos embora contenha algumas recomendações só traduz benefícios para os utentes da entrada e saída de Lisboa. Não é pois de estranhar que comece a correr bem ao ex-autarca de Lisboa esta e outras contrariedades. Nestas coisas não há nada como ter amigos nos sítios certos e o José Sá Fernandes, neste processo vai começar a averbar derrotas já que até aqui conseguiu só vitórias.

Lesão de 35 milhões de euros é obra

O bastonário da ordem dos médicos Germano de Sousa já afirmou que irá mandar instaurar processos disciplinares aos médicos de prestação de serviços em hospitais não lhe restará senhor bastonário outra alternativa isto é demasiado grave para passar impune, mas só os processos disciplinares não chegam embora não caiba à ordem, tem esta obrigação de remeter aos tribunais as conclusões dos mesmos para que os autores da respectiva fraude seja punidos criminalmente. Numa altura em que a população de uma maneira geral sofre os efeitos da política governativa surgem situações destas que óbviamente o estado deve ser reembolsado valor. É por estas e por outras que temos ultimamente visto por aí uns quantos a enriquecerem repentinamente sem que se saiba da proveniência dessa riqueza. Por isso se torna cada vez mais urgente que se adoptem medidas no sentido de ser banido o sigilo bancário para muita gentinha que anda para aí a encher-se com proveniências pouco claras, começarem a justificar donde lhe vêem esses altos proventos que os enriquecem.

As alarvidades dos responsáveis políticos

Quer queiramos quer não, somos obrigados com uma certa frequência cada vez que recorremos à visualização de um telejornal para nos inteirar do que se passa no nosso País e no Mundo, a ouvir determinadas alarvidades proferidas por responsáveis políticos e governamentais de uma dimensão impressionante. Vem isto a propósito da afirmação de um responsável deste governo que referiu nesta altura o flagelo dos incêndios ter aumentado no dobro em relação ao ano passado, mas que se não fossem as medidas de protecção tomadas em consequência dos incêndios do ano passado a situação ainda seria pior. Claro que isto é tão estúpido quanto o é o facto de responsáveis pela sinistralidade rodoviária afirmarem que o número de acidentes de viação tem baixado significativamente por força das medidas que têm sido implementadas, quanto em contrapartida ficamos a saber que em resultado da quebra do numero de acidentes, morrem mais pessoas dado que a violência dos embates aumentou consideravelmente. Só nos apetece insultar perante a audição de tamanhos disparates.

Alegre pelo menos por agora

Manuel Alegre apresentou hoje a sua candidatura à corrida à sucessão de Ferro Rodrigues. Esta candidatura representa o socialismo na sua verdadeira acepção. Não significará que seja esta aquela que sairá vitoriosa do congresso do PS a realizar no próximo mês de Setembro, mas o espaço à esquerda preenchido por muitos militantes de certo encontrará neste candidato a alternativa para as outras candidaturas que já foram anunciadas. Manuel Alegre como o próprio o referiu é candidato a secretário geral do partido socialista, mas não a primeiro ministro o que não deixa de ser para mim uma informação tranquilizadora, porquanto demonstra à partida que não está na política para satisfazer ambições pessoais mas sim para se colocar ao serviço de uma causa que defende. Não sei como anteriormente o referi se será esta a candidatura que irá vencer no congresso, no entanto julgo importante podermos contar com um verdadeiro socialista a desejar assumir a liderança de um partido que nos últimos tempos tem governado de forma semelhante ao PSD, facto que tem desvirtualizado os verdadeiros ideais políticos desta força de esquerda que importa trazer à ribalta do poder numa defesa intransigente dos seus princípios. Que esta alegria não seja momentânea e que se concretize a sua eleição são os meus votos.

A previsibilidade do sucesso

Já sabíamos qual seria hoje o desfecho do debate na Assembleia da República para discussão do programa do governo, tal qual sabíamos qual seriam os resultados das moções de censura e a de confiança que foi unânimamente votada pelos deputados que constituem os partidos da coligação.
Isto é, ainda nem sequer teve tempo para iniciar a Governação e já está animado por votos de confiança, ilusóriamente, pretendendo demonstrar já estar a ter sucesso mesmo antes de iniciar a actuação. E com que estimulo descargou no partido socialista, como se estivesse-mos perante um enfermo agoniante a ser vítima de um malfeitor apostado em acabar-lhe com a existência. Mas desengane-se o 1º. ministro que a partir de Outubro deverão estar resolvidas as questões internas do PS e passará então a contar com uma oposição que lhe deverá fazer frente denunciando todos os erros governativos, medidas anti-sociais, corrupções, compadrios e todos os expedientes de que se socorrem normalmente as forças da coligação.

Frontalidade de António Marinho

Que nos habituou à frontalidade com que aborda as questões e faz as suas denúncias, mesmo podendo ser, como o já foi, vítima do corporativismo da classe a que pertence, quando pelas afirmações acerca do processo da Casa Pia se viu afastado pelo actual bastonário, da Comissão dos Direitos Humanos. E desta vez quando até prepara a sua eventual candidatura a Bastonário da Ordem, afirma em entrevista ao jornal de negócios que existe corrupção entre as sociedades de advogados, ministros e jornalistas. Uma afirmação destas tem forçosamente de estar fundamentada porquanto é demasiado grave e os visados, embora em abstracto, porquanto não são revelados os factos nem os nomes dos envolvidos, de certeza que não deixarão passar impune uma tal acusação. Mas que sinceramente nada disso surpreende também é um facto se nos lembrarmos do que foi a atoarda jornalística para denegrir Ferro Rodrigues que acabou por culminar com a sua abdicação do cargo de Secretário Geral do PS, aspiração que os promotores das notícias e crónicas ao nível dos media tinham por objectivo.


Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 693,449 hits

4shared

Top Clicks

  • Nenhum
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter