Arquivo de Dezembro, 2007

Que candura

que-candura.jpg

Excelente trabalho artístico

met-art_ma_51_1.jpg

Reflexão

Está prestes a terminar
o ano que está em curso
por isso quero rejeitar
fazer mais figura de urso

Muitos anos já passaram
sobre a nossa democracia
os desempregados aumentaram
no âmbito de toda a filosofia

Da nova Lei do Trabalho
que permitiu a liberalização
do chamado conto do vigário
permitido a todo o patrão

Vão fechando as empresas
declarando sua falência
mas nós temos a certeza
mudam apenas de gerência

Ficam a dever salários
a todos os seus trabalhadores
são uma cambada de ordinários
estes que se julgam uns senhores

Falta pois agora fazer
a verdadeira revolução
nós temos de reescrever
a verdadeira canção

Do saudoso Zé Afonso
que com a sua inspiração
escreveu e cantou os vampiros
numa outra geração

Nunca será demais destacar o belo

bela-imagem.jpg
Estas duas imagens demonstram bem tal intenção
muse03promo01.jpg

No dia em que o ditador paquistanês Pervez Musharraf, amigo de Bush e de vários chefes de estado europeus mandou eliminar Benazir Bhutto

O Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos anunciou com pompa e circunstância que na primeira quinzena de Setembro do próximo ano vão realizar-se eleições, mas o partido que o apoia exige como necessários dois dias para a realização do respectivo apuramento, o que está longe de satisfazer a vontade dos representantes da UNITA.
Obviamente que estes dois dias exigidos pelo MPLA e o seu presidente prende-se com a necessidade não de apurar seriamente os votos entrados nas urnas, porque isso seria uma tarefa relativamente fácil como é em qualquer parte do globo. A questão prende-se com o facto de, serem efectivamente necessários esses dois dias para no primeiro de apurarem os votos e no segundo adulterar o resultado uma vez que não interessa ao MPLA e sobretudo aos dirigentes que estão a enriquecer à custa do roubo que vão fazendo aos angolanos que vão morrendo à fome, que um qualquer outro angolano não afecto ao MPLA possa vir a assumir através duma eleição democrática e livre os destinos dum povo que, ainda não conseguiu experimentar o prazer de se assumir como um cidadão de pleno direito e usufruir da imensa riqueza existente no seu país. E tal como o ditador Pervez Musharraf que não esteve minimamente interessado em ser derrotado nas eleições por Benazir Bhutto e antes delas ocorrerem a mandou eliminar, pese embora a comunicação social dum modo geral insista em querer demonstrar que ele nada tem a ver com isso tratou-se duma actuação de grupos islâmicos radicais, o actual presidente de Angola, não utilizando o mesmo processo quer dois dias para o apuramento dos votos para manipular o resultado que lhe convém.

Benazir Bhutto morre após ataque suicida no Paquistão

0736167.jpgda Folha Online

A ex-premiê e líder opositora do Paquistão, Benazir Bhutto, morreu nesta quinta-feira após ser atingida por um ataque suicida na capital Islamabad, informou à France Presse um auxiliar de seu partido, o PPP (Partido do Poder do Povo). O número total de mortos ainda é incerto.
20071227-atentado5.jpg
20071227-atentado2.jpg

“Às 18h16 [do horário local] ela faleceu”, disse Wasif Ali Khan, que estava no Hospital Geral de Rawalpindi.

20071227-atentado3.jpg
Segundo algumas testemunhas, Bhutto foi vítima de fragmentos da explosão de uma bomba. No entanto, alguns veículos paquistaneses afirmam que ela foi morta a tiros, durante o ataque.

“Foi um ataque suicida. O suicida se explodiu após uma manifestação”, afirmou o porta-voz do Ministério do Interior, Javad Iqbal Cheema Cheema.

Apoiadores de Bhutto reuniram-se em frente ao hospital, de onde gritavam xingamentos contra o ditador do Paquistão, Pervez Musharraf. Muitos eram vistos chorando pela morte de Bhutto. Ao menos outras 16 pessoas morreram no atentado, que ocorre a semanas das próximas eleições parlamentares.

Horas antes do crime, ao menos 30 pessoas, entre elas dois soldados, morreram em novos combates entre xiitas e sunitas em uma área tribal do Paquistão próxima à fronteira com o Afeganistão.

Confira a cobertura completa da morte de Benazir Bhutto na Folha Online.

Comentário

Este ditador paquistanês ao serviço dos EUA não admitiu a popularidade da sua opositora e por isso recorreu desta forma à sua eliminação física já que politicamente perderia as eleições se fossem realizadas democraticamente.

Dia de natal foi cinzento e a inspiração também


Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 696,381 hits

Comentários Recentes

LouannEmoro em A doença do foro oncológico é…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter