Arquivo de Abril, 2008

Vamos tentar atingir os nossos objectivos que é evitar mais este saque bancário

Total Signatures:
é preciso ultrapassar o 1.000.000 !!!!
Levantamentos nas caixas ATM vai custar 1,50€
Os bancos preparam-se para nos cobrarem 1,50 Eur por cada levantamento nas caixas ATM.
Isto é, de cada vez que levantar o seu dinheiro com o seu cartão, o banco vai almoçar à sua conta. Este ‘imposto’ (é mesmo uma imposição, e unilateral) aumenta exponencialmente os lucros dos bancos, que continuam a subir na razão directa da perda de poder de compra dos Portugueses.

Este é um assunto que interessa a todos os que não são banqueiros e não têm pais ricos.

Quem não estiver de acordo e quiser protestar, assine a petição e reencaminhe a mensagem para o maior número de pessoas conhecidas.

vamos evitar o saque

DIVULGUEM ESTE EMAIL, P.F.JÁ CHEGA DE SERMOS ROUBADOS PELA BANCA AO COBRO DA LEI.
JÁ SÓ FALTA UMA PETIÇÃO PARA MUDAR A LEI.

A lei obriga os veículos automóveis a serem submetidos a inspecções para garantia da sua segurança

Ao abrigo dessa Lei os proprietários dos veículos ficam pois sujeitos a essas inspecções. Se forem inspecções resultantes da idade do automóvel, a oferta é variada em termos de Centros de Inspecção, mas se porventura os veículos tenham de ser submetidos a inspecções especiais o número de Centros é muito reduzido e em consequência disso sempre que por razões de inoperacionalidade dos equipamentos para a realização dessas inspecções os proprietários dos veículos que tenham de ser sujeitos a uma inspecção especial ficam dependentes da resolução do problema por parte dos Centros até que estes de novo voltem a ter condições para inspeccionar os veículos. Isto só num País do 3º. Mundo como o nosso é que acontece.
O veículo não pode circular porque tem de ser inspeccionado, mas como o Centro no qual foi feita a marcação para a sua realização não está em condições operacionais, a inspecção fica adiada até que haja operacionalidade. Entretanto os custos resultantes da imobilização do veículo são suportados pelo proprietário do mesmo que embora não tenha qualquer responsabilidade nisso tem de se sujeitar a que os Centros de Inspecção Automóvel (especiais) estejam operacionais para a efectuarem.

A coincidência é demasiado óbvia para esconder a verdade

Os sindicatos da polícia numa acção concertada de reforço das suas reivindicações junto do Ministro da Administração Interna resolveram e com a conivência das televisões fazer-nos crer que as esquadras e postos de polícia estão desguarnecidos de efectivos, porque estes andam nas ruas a fazer o giro e já são 4 os incidentes registados para comprovarem que efectivamente eles têm razão. Em vez de andarem no giro devem continuar nas esquadras e postos de polícia para assim garantirem a sua protecção já que nem sequer conseguem proteger os cidadãos.

O excesso de zelo das autoridades fiscalizadoras do trânsito e os inconvenientes resultantes do mesmo

Uma instituição particular de solidariedade social do Concelho de Cascais de apoio à 3ª. idade no dia 3 de Março, viu-se privada da sua carrinha de 9 lugares através da qual assegurava o transporte dos idosos das suas residências para o seu Centro de Dia e ao fim da tarde o regresso a casa. Isto porque a viatura havia embatido num poste de sinalização de trânsito, tendo ficado com a barra da direcção afectada. A viatura seguiu pelos seus próprios meios até à oficina onde se encontra reparada há mais dum mês. Só que entretanto perto do mesmo local ocorreu posteriormente um embate em várias viaturas e o seu autor pôs-se em fuga, deixando três viaturas danificadas. Alguém irresponsavelmente resolveu comunicar à polícia que entretanto apareceu no local de que a autoria desse procedimento havia sido do motorista que conduz habitualmente a carrinha de 9 lugares dessa Instituição, facto que não correspondeu à verdade, mas que motivou um procedimento por parte dos agentes da PSP na busca do motorista como se de um criminoso se tratasse. Mas como havia testemunhas de que o referido motorista não tinha sido o causador dos estragos nas três viaturas cujo autor se tinha posto em fuga sem ser identificado, os agentes acabaram por constatar que a informação de que dispunham inicialmente não correspondia à verdade. E num assomo de excesso de zelo, já com a carrinha recolhida na oficina para ser reparada, lavram um auto de apreensão dos documentos da mesma, por esta não se encontrar em condições de circulação. Obviamente que por essa mesma razão é que ela se encontrava na oficina para reparar. Os documentos que segundo os agentes deveriam chegar à DGV nos 15 dias seguintes à apreensão, chegaram apenas 40 dias depois. E como a viatura tem de ser submetida a uma inspecção especial o que não pode ocorrer num qualquer Centro de Inspecções de Automóveis, foi feita a marcação para um Centro da Terrugem, o que em princípio deveria ocorrer no dia 18 de Abril. Nesse próprio dia a oficina onde ocorreu a reparação da carrinha, foi alertada pelo engenheiro responsável de que a inspecção à mesma não se poderia realizar dado que lhes estavam com problemas técnicos o que lhes inviabilizava proceder à sua realização. Ou seja o excesso de zelo da Brigada de Trânsito da PSP de Cascais, que entendeu apreender documentos duma carrinha duma instituição de apoio a idosos que se encontrava já na oficina para efeitos de reparação, deu origem a que esta mesma Instituição se veja penalizada com o pagamento do aluguer, pelo 2º. mês consecutivo duma carrinha de substituição da sua viatura que se encontra há um mês reparada mas porque se encontra com os documentos apreendidos e por isso não podendo circular está dependente da realização duma inspecção especial que deveria ter ocorrido no dia 18 de Abril e que por impossibilidade do Centro de Inspecções Especiais da Terrugem, por se encontrar inoperativo determinado equipamento de teste, não pode ser realizada neste local essa inspecção, pelo que teve de ser efectuada nova marcação noutro Centro. Resumindo e concluindo.
Se o agente da PSP não fosse imbuído pelo excesso de zelo e não tivesse procedido à apreensão dos documentos da carrinha do Centro e esta que se encontra reparada há mais dum mês, poderia estar já a assegurar o transporte dos idosos das suas moradas para o Centro de Dia e deste para as suas moradas, mas graças a esse excesso de zelo, está a Instituição que vive da solidariedade social a ser penalizada com o pagamento do aluguer duma carrinha que está a assegurar esse transporte.

Não tive oportunidade de me aperceber da afluência de banhistas às praias

Porque andei por outras paragens onde só existem serras, vales e montanhas. Mas pelas notícias veiculadas pelos canais de televisão as praias encheram-se de gente para se refrescarem do calor registado este fim de semana. E a disputa do espaço deve ter levado a que banhistas não tivessem outra alternativa que não fosse a de se deitarem em cima de cascalho para desfrutarem o seu banho de sol.

Não só me importo como me indigno

Recebi este desafio deste amigo e
porque não só me importo como me indigno:

Claro que me importo
com tanta pobreza
por isso me revolto
com toda a franqueza

A miséria que grassa
neste nosso País
é uma grande desgraça
de muito infeliz

São marginalizados
pela sociedade
e estigmatizados
sem qualquer piedade

Quanto mais tempo
vamos nós assistir
a quem dorme ao relento
continuar a pedir

Esmola a quem passa
para poderem comer
a pobreza que grassa
e que não podem vencer

Asilos para pobres
não é uma solução
alguns deles são nobres
haja consideração

Só agora me foi possível dar continuidade à passagem de testemunho porque estive ausente desde 6ªfeira. E para darem continuidade a este grito de revolta escolho
o amigo Luis e
o amigo Diogo

Jardim fez marcha atrás

Jardim fez marcha atrás
com a sua candidatura
ele sabia não ser capaz
dum lugar dessa envergadura

Mas apoia a do Santana
que é outro para queimar
na candidatura que não ganha
mas que vai dar muito que falar

Vai ser o bombo da festa
tal como anteriormente
para líder ele não presta
porque é um inconsciente

Perdeu as últimas legislativas
mas não aprendeu a lição
foi mandado às urtigas
porque não tinha condição

De voltar a ser 1º. Ministro
na próxima legislatura
mas disso estou convicto
por falta de envergadura

Mas não será Ferreira Leite
a candidata da geriatria
que irá ficar satisfeita
com a sua galhardia


Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 695,847 hits

Comentários Recentes

LouannEmoro em A doença do foro oncológico é…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter