Arquivo de Maio, 2008

Amanhã se saberá

Amanhã se saberá

quem vai ser o novo líder

se o mesmo colherá

o consenso impossível


Na disputa pelo poder

foi lavada roupa suja

de tudo se puderem valer

mesmo de muita intruja


Mas o universo do PSD

a avaliar pelo número de militantes

mesmo que também consiga colher

muitos votos de simpatizantes


Pode não ser suficiente

para conquistarem o poder

isto porque muita gente

sabe bem o que vai fazer


Com o seu boletim de voto

nas próximas legislativas

sim que simpatizante devoto

já não vai mais em cantigas


A canção do bandido

que os candidatos nos cantam

faz parte dum disco partido

cujas canções nos desencantam




O CDS/PP sendo o partido que tem a importância que tem vai apresentar uma moção de censura ao governo

Paulo Portas o exibicionista das feiras, agora não assomo de exibição meramente ridícula, vai apresentar uma censura ao governo que, por não ter qualquer viabilidade de êxito, vai ser pura e simplesmente chumbada. E não será com atitudes destas, já que os beijos que distribuía nas campanhas eleitorais às feirantes que irão contribuir para o aumento da representação parlamentar do seu partido que, como as próprias sondagens dão um aumento nas intenções de voto nos partidos da esquerda, o seu partido além de não crescer vai descer.

Ora aqui está uma opção para minimizar os efeitos dos aumentos dos combustíveis

Não são só alguns feirantes de Leiria que recorreram a esta solução para minimizar os efeitos das subidas constantes dos combustíveis. Estas banhistas tiveram exactamente a mesma ideia.

Olha o menino do BE…

O Zé faz falta

José Sá Fernandes, o Senhor na Câmara de Lisboa
SABIAM QUE este marmanjão custa ao orçamento da Câmara Municipal de

Lisboa 20 880 euros por mês?
Pois é, para sustentar o tráfico de influências deste Senhor andamos a pagar do nosso

bolso a onze parasitas, entre eles nove assessorestécnicos,

uma secretária e um coordenador de gabinete, além de um motorista para o

vereador, um motorista para o gabinete e um contínuo - tudo a recibo verde.

O Zé faz falta

-- Faz? Claro que sim: faz a maior falta a estas11 encomendas!
Se não vejamos:

CONTRATO PRESTAÇÃO SERVIÇOS – 11

PESSOAS

Nome - Função/Origem/Contrato - Categoria/Vencimento (euros)

Alberto José de Castro Nunes - Assessor (50%) Renovação - 1.530 ,00

Ana Rita Teles do Patrocínio Silva - Secretária (100%) Renovação -2.000.00

António Maria Fontes da Cruz Braga - Assessor (50%) Renovação -1.530,00

Bernardino dos Santos Aranda Tavares - Assessor (100%) Renovação - 2.500,00

Carlos Manuel Marques da Silva - Assessor (50%) Renovação - 1.530 ,00

Catarina Furtado Rodrigues Nunes de Oliveira - Assessora (100%)

Renovação - 2.500,00

Maria José Nobre Marreiros - Assessora (50%) Renovação - 1.530,00

Pedro Manuel Bastos Rodrigues Soares - Coordenador do Gabinete

(50%) Renovação - 1.730,00

Rui Alexandre Ramos Abreu - Secretário (100%) Renovação - 2.000,00

Sara Sofia Lages Borges da Veiga - Assessora (50%) Renovação -1.530,00

Sílvia Cristóvão Claro - Assessora (100%) Renovação - 2.500,00

Já o afirmei e volto a afirmá-lo

Se como tudo indica Manuela Ferreira Leite for eleita no próximo fim de semana a líder do PSD e tal como continuam a afirmar alguns comentadores políticos nomeadamente Marcelo Rebelo de Sousa, que é a única candidata em condições de roubar o poder a Sócrates. Tal como eu que não votei nesta maioria muitas outras pessoas que conheço irão também votar no PS porque não queremos de modo algum passarmos do mal para pior. De resto basta atentar nas propostas desta candidata as quais além de estarem de acordo com algumas medidas do actual executivo, pretende e isso afirmou-o se vier a ser 1º. ministro o SNS não vai continuar a funcionar nos moldes em que agora está porque segundo ela é contra a ideia da universalidade da saúde para todos. Ou seja a sua eleição ou melhor a vitória do partido que pensa irá reptresentar, traduzir-se-ia num mal pior do que aquele que agora estamos a viver. E para pior já basta assim.

Concordo inteiramente com a não descida do ISP

E pela simples razão de que muito antes, mas mesmo muito antes da escalada dos preços, já o Estado arrecadava cerca de 60 cêntimos de imposto por cada litro de combustível. Se agora cometesse o erro de baixar o imposto não seriam os consumidores a beneficiar dessa baixa mas sim os revendedores e distribuidores de combustíveis que de imediato passavam a comer o valor dessa descida.

Concordo isso sim que se tomem medidas no sentido de estimular e beneficiar os sectores produtivos, agricultura, pescas, transportes, por forma a serem evitados os aumentos daí resultantes.

Para tal deveriam ser estabelecidas regras legislativas no sentido de através dum apertado controle, possibilitar a estes sectores recuperarem tal como acontece com o IVA, 50% do ISP, face ao combustível gasto na sua actividade, sendo absolutamente indispensável a apresentação de documentos de despesas relativos aos abastecimentos efectuados. Julgo que desta forma o governo estaria a dar uma ajuda significativa ao sector produtivo e este deixar de ter motivos para vir contestar com efectivamente tudo aponta que irá acontecer. E uma medida destas de forma alguma representaria um recuo face à afirmação do 1º. Ministro de que efectivamente seria irresponsável fazê-lo.

Aqui fica mais um postal


Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 695,847 hits

Comentários Recentes

LouannEmoro em A doença do foro oncológico é…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter