Fiz questão de constatar se efectivamente o Hospital dos Lusíadas correspondia aos padrões de qualidade referidos na peça passada há dias na televisão

Um problema de saúde da minha mulher ditou a necessidade de hoje, ou melhor de ontem, dado que já é 1h18 da manhã ter de me deslocar a um serviço de urgência hospitalar para tentar resolver o seu grave problema surgido sem explicação. Tendo há dias assistido a um documentário sobre o novo Hospital dos Lusíadas, resolvi, dado que ela é beneficiária da ADSE, deslocar-me ao seu serviço de urgência para ali ser observada tendo em vista a convenção existente. Chegamos lá por volta das 19H20 e de imediato constatei a existência de parque automóvel para sem dificuldade poder parquear a minha viatura muito próximo desse serviço, o que não acontece nos locais onde estão implantados os hospitais públicos que raramente possuem nas suas proximidades lugares para se estacionar um automóvel. Logo neste aspecto registei um ponto a favor. Dirigi-mo-nos à recepção onde de imediato fizemos a inscrição e ficamos a aguardar na sala de espera devidamente climatizada. Estava quase cheia o que nos causou logo um motivo de preocupação. Como não existe a triagem que usam os hospitais públicos e a regra de atendimento é por ordem de chegada, embora tivessemos sido avisados logo à entrada de que o atendimento estava atrasado, viemos depois a constatar que o correcto seria a indicação de muito atrasado pois aguardamos três horas e 15 minutos para sermos atendidos. A partir desse momento,  podemos efectivamente confirmar que, o seu funcionamento, não tem nem semelhanças nem parecenças com o dos hospitais públicos. Daí podermos aconselhar os beneficiários da ADSE que se optarem pela escolha na preferência deste hospital talvez não tenham nada a perder, dado que como é convencionado inclusivamente uma consulta de especialidade seja ela qual for tem um custo de 3,80 €, custando a um particular sem qualquer regime de assistência médica e medicamentosa, 95 euros, o que comparativamente com os beneficiários do regime geral, estes estão francamente em desvantagem.

7 Responses to “Fiz questão de constatar se efectivamente o Hospital dos Lusíadas correspondia aos padrões de qualidade referidos na peça passada há dias na televisão”


  1. 1 martelo-polidor Maio 28, 2009 às 1:54 pm

    Nem tudo são rosas… Raul. Há bem pouco tempo um familiar muito próximo utilizou os serviços do H da Luz, que é de facto diferente da generalidade dos públicos. Quando “tocou” a pagar ainda fez doer, apesar da prestação complementar da ADSE…
    Não é justo, não é razoável que para alem dos descontos pesados sobre os rendimentos tenha ainda que sustentar gulosos sob pena de não sermos tratados. Lambusões…

    abraço

    • 2 nuno medeiros Fevereiro 13, 2011 às 6:15 pm

      O problema é que quem tem ADSE DESCONTAAAAAAAAAAAAAA…… ha muita gente que vive à custa do estado e recebe rendimentos….e ainda por cima nao paga nada nos hospitais….porque raio uma pessoa que desconta e nao foge a estes descontos nao pode ter uma saude diferente??????tratem se invejosos…

  2. 3 jodoas Maio 28, 2009 às 4:05 pm

    Meu caro amigo, nós ontem também pagamos pela consulta de urgência, tiragem de uma radiografia e aplicação duma injecção para as dores, 22,48 €. Curiosamente a senhora que estava a seguir para também pagar porque tinha sido igualmente submetida ao mesmo tipo de tratamento, ía desembolsar segundo ela, porque não era beneficiária de qualquer regime de saúde, só pela radiografia que lhe haviam tirado 185,00 euros o que achei um autêntico absurdo. Portanto parece-me haver aqui um significativo benefício proporcionado pela convenção. Também não podemos querer sol na eira e chuva no nabal.
    Um abraço

  3. 4 Ana Junho 23, 2010 às 9:24 pm

    Boa noite,

    Acho que o valor a pagar com ADSE é razoavel, visto que com seguro de saude, pago 37eu por uma urgencia, em qualquer hospital particular, e tambem tenho de aguardar entre 3 a 4 horas, a seguir á triagem. Tambem temos de compreender que o futuro resume se em seguros de saude, e claro que temos de pagar as comodidades e conforto dos mesmos, que de facto compensa, até mesmo definitivamente no atendimento que é claramente melhor que nos hospitais publicos!

  4. 5 Carla Mendes Setembro 4, 2012 às 10:50 am

    A minha opinião sobre este hospital não é nada favorável. Gostaria de deixar expressa a minha indignação porque acabei de tentar marcar uma consulta de oftalmologia no Hospital dos Lusídas para o meu filho de 6 anos ( hoje dia 4 de setembro de 2012) e fui informada que apenas seria possível marcar para o próximo mês de fevereiro (2013!!).

    Parece-me que está em causa uma péssima prestação de serviços e não se pode contar com esse hospital para apoiar quando existem problemas de saúde. O serviço prestado não tem nada de melhor relativamente a um hospital público. O meu filho vai para a escola em breve e gostaria de verificar a respetiva situação em termos de capacidade visual, pelo que pretendi marcar uma consulta para o efeito. Cinco meses de espera seria normal num hospital público; numa consulta num hospital privado??

  5. 6 jinjas Janeiro 14, 2013 às 9:11 pm

    verdade que é tudo uma “cambada de ladroes”, disse bem CAMBADA DE LADROES ,tambem descontei , e nao tenho direito a ADSE, conheço quem trabalhou 1 ano e tem todos direitos! uma vergonha , uns com tudo outros sem nada.
    O povo unido jamais sera vencido!

  6. 7 fernando Julho 14, 2013 às 8:01 pm

    no meu caso deixei 30000 euros para salvar a minha mae desde a enfermaria que e uma vergonha povoada por enfermeiros estagiarios aos cuidados intensivos ai sim e que os mercenarios trabalham fizeram 40 tacs a minha mae era quase tds os dias sempre a faturar sangue a 400 euros cada transfusao e o sangue e pedido voluntariamente a populacao dao a desculpa que leva um preparado as plaquetas idem…..a verdade e que a minha mae ficou internada para ser 3 dias para hidratar apenas e ao quarto dia apanhou uma bacteria das piores nessa vergonha de hospital….hoje olho para tras e penso no amadora sintra nunca a tinham internado e se calhar ainda estava viva enfim…..infelizmente em portugal a saude e um negocio vergonhosoa vista de todos …..
    hospital dos lusiadas ou da luz a vergonha e concorrida entre os dois….


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 696,420 hits

Comentários Recentes

LouannEmoro em A doença do foro oncológico é…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: