Arquivo de Agosto, 2009

Segundo o “El País” numa entrevista que lhe foi concedida por Cristiano Ronaldo

Ronaldo: “Si Dios no agrada a todos, no les voy a agradar yo”

A estrela, a vedeta, o melhor jogador do Mundo quando foi anunciada a sua transferência para o Real de Madrid achei um erro tal qual achei quando Carlos Queiroz entendeu aceitar o lugar de seleccionador de Portugal face ao convite de Gilberto Mandail. Pelo que tem vindo a conseguir a selecção de futebol, Carlos Queiroz em termos de opinião pública já é um mal amado, sem que ainda se saiba se vai conseguir levar a equipa das quinas ao Mundial da África do Sul. O campeonato espanhol iniciou-se recentemente, mas no primeiro confronto do Real de Madrid a estrela Ronaldo não teve um desempenho que merecesse destaque, mas como o próprio afirmou deveu-se a não estar na sua plena força e forma. Ontem como se viu no confronto com o Deportivo La Coruña, os seus colegas proporcionaram-lhe a marcação da grande penalidade que correspondeu a um golo marcado pelo Cristiano Ronaldo, o que se tal não acontecesse seria o segundo jogo disputado na Liga Espanhola sem qualquer golo marcado pelo melhor jogador do Mundo. Espero e desejo que a ida do Cristiano Ronaldo para o Real de Madrid não se confirme a minha opinião emitida na altura que seria o maior erro que ele iria cometer na sua vida.

O lambe botas de Santana Lopes elogiou o programa do seu partido numa clara intenção de dar brilho ao cágado

Santana Lopes elogia programa do PSD e pede que seja para campeonato de quatro anos 

Este é um dos títulos de hoje do jornal “Público”.

Não é de estranhar esta manifestação por parte daquele que faz parte do grupo que representa a verdadeira negação política do País. Mas está enganado Santana Lopes ao desejar que este programa seja para um campeonato de 4 anos, uma vez que o seu correligionário Marcelo Rebelo de Sousa, embora seja de opinião que o programa deveria servir para 2 mandatos, se o PSD ganhar as eleições como ele pensa que vai acontecer, caí passado que sejam dois anos de exercício. Ou seja tomando como certa a previsão de Marcelo Rebelo de Sousa, temos a repetição daquele que o foi o mandato da coligação liderada por Pedro Santa Lopes de muito má memória. Se isso acontecer só prova que o eleitorado faz as sujas opções de voto em função dos seus interesses pessoais e não dos interesses do País. Eu exerci sempre o meu direito de voto e nunca votei em função de qualquer interesse pessoal, na expectativa de que o partido vencedor me pudesse melhor a minha situação económica ou do meu agregado familiar. Mas infelizmente há muito quem o faça por isso acontecer este fenómeno de que quando determinado número de eleitores estão zangados com o partido do governo elegem outro com o propósito de o castigar. Só que quem são os castigados não é o partido perdedor mas sim todos os portugueses que, por razões duma má escolha ou duma atitude não ponderada, acabam por escolher uma força política que pior papel governativo desempenha do que aquela que é derrotada.

O caso Freeport tal como foi anunciado está em fase de ultimação e conclusão

E nesta fase tudo indica que José Sócrates não será constituído arguido neste processo. Como é sabido a Comunicação Social duma maneira geral e a TVI em particular em termos de opinião pública, envolveram o 1º. Ministro, fizeram-lhe um julgamento em praça pública e muito mais grave do que isso foi condenado em termos de opinião pública, sem direito a recurso. Esta estação de televisão tal como outros órgãos da imprensa escrita ávidos de notícias sensacionalistas não olharam a meios para conseguir os seus fins. Dificilmente a maioria dos portugueses consegue aceitar possível José Sócrates não estar envolvido no processo, porque a comunicação social tanto insistiu neste tipo de notícia que as pessoas depois de formarem uma opinião não conseguem desfazê-la. Julgo pois ser hora do 1º. Ministro por a TVI o casal Moniz e todos aqueles que o quiseram de forma declarada envolvê-lo no processo Freeport, a dançar de harmonia com a música que tocaram, isto é accionados judicialmente para que sejam responsabilizados pela tentativa do seu  linchamento político. Eles colheram os dividendos através das audiências e da venda de jornais está na altura das respectivas empresas pagar, por efeitos de condenação judicial, as indemnizações a que se deve achar com direito José Sócrates por ter sido por eles enxovalhado na praça pública. De resto lá fora quando isto acontece porque também usam os mesmos métodos a comunicação social é normalmente condenada a pagar elevadas indemnizações aos políticos que são conspurcados.

Os equívocos de Francisco Louçã

O líder do Bloco de Esquerda em entrevista ao semanário “Expresso”,  deixa transparecer a ideia do seu convencimento de que pode vir a ganhar as eleições legislativas derrotando o PS e mesmo o PSD. Isso só revela que o líder do BE não parece conhecer o eleitorado português que, mesmo tendo muitas razões de queixa dos dois principais partidos portugueses, jamais entregaria o poder do seu país a qualquer força de esquerda. Está pois completamente errado Francisco Louçã quanto à possibilidade do seu partido algum dia, sem ser inserido num governo de coligação, poder vir a ser poder. O fenómeno do seu aproveitamento relativamente aos descontentes das políticas de Sócrates não é suficientemente representativo para ganhar eleições. Mesmo que todo o funcionalismo público que são a maioria dos descontentes do governo PS votasse BE seria impossível este chegar ao poder. Eu pessoalmente nas eleições legislativas anteriores votei no Bloco de Esquerda na tentativa de evitar a maioria absoluta que se adivinhava vir a acontecer.  Eu faço parte daqueles que não tem medo nenhum que a esquerda pudesse vir a assumir o poder, até porque nada teria a perder, porque eu e minha família vivemos sempre do fruto do nosso trabalho. Mas como a realidade do eleitorado que ao longo destes 35 anos de democracia é bem demonstrativa de que não pretende um governo de esquerda, uso o meu voto de forma estratégica. Face aos últimos indicadores nas intenções de voto e porque me assusta, direi mesmo fico em pânico, por só admitir essa possibilidade de Manuela Ferreira Leite, vir a ser 1ª. Ministra de Portugal, vai obrigar-me a ter de canalizar o meu voto para o PS, porque mal por mal prefiro ficar assim.

Segundo o Público de hoje

Pina Moura diz que PSD tem programa “mais duro e mais focado” que o PS 

Este que foi a mais clara negação como titular da pasta do Ministério das Finanças do governo de Guterres,  manifestando ser em ressabiado político vem enaltecer o  programa do PSD que não é mais do que o indicador da travagem do desenvolvimento do País. Como é sabido e isso é um mérito que dificilmente a oposição reconhece o País em relação aos recursos energéticos está quase a atingir a sua auto-suficiência ou seja, deixar-mos de estar dependentes da França e da Espanha, em relação aquela que era a constante importação de energia eléctrica, facto que motivava o aumento  do  nosso endividamento externo. Por outro lado o País deu um passo muito à frente no âmbito do Plano Tecnológico evidência que tem sido reconhecida além fronteiras, nomeadamente pelos EUA aquele que é tido como um país de referência pelo resto do Mundo. Pina Moura sabe disso, mas prefere ignorar porque faz parte do conjunto de políticos ressabiados que não possuindo competência para o exercício de cargos públicos deixaram de ser para isso convidados, vêm desta força manifestar os seus pontos de vista pela negativa.

Internet matará a televisão, diz criador do site YouTube

DANIELA ARRAIS
da Folha de S.Paulo

Não é o YouTube que matará a televisão, mas sim a internet. A opinião é de Chad Hurley, cofundador do site de compartilhamento de vídeos YouTube.

Pela primeira vez no Brasil para participar do Digital Age 2.0, evento que discute novos caminhos para a internet, Hurley disse que “a ideia de transmissão ao vivo está morta. Claro que no futuro ainda teremos a experiência de ver TV, talvez em eventos ao vivo. Mas a ideia de uma família sentada no sofá, às 20h, esperando um programa, não vai mais existir”0923964

Futuro

Segundo Hurley, a equipe de engenheiros do YouTube tem se concentrado em fazer melhorias na plataforma, para tornar o envio e a visualização de vídeos mais rápidos. A interface também deve passar por mudanças.

Ele diz que o site tem investido em se credenciar como ferramenta de exibição de conteúdos longos e em alta definição e em publicidade e rentabilização dos usuários.

Sem revelar a quantia de investimentos na ferramenta nem o quanto ela rende, Chad Hurley afirmou que o último trimestre foi o de maior arrecadação desde a criação do serviço.

da Folha Online

Julgo que comungamos todos aqueles que já vêm agora a internet como uma excelente alternativa à televisão, de que tal venha a acontecer nos tempos mais próximos

Mensagem falsa espalha boato sobre aproximação de Marte e Terra

Não espere ver “duas Luas” no céu na noite desta quarta-feira (27). Ao contrário do que prega um e-mail falso que circula na internet, Marte estará bem longe da Terra e não vai rivalizar com o satélite pela supremacia do brilho no céu.

O boato pela rede é tão intenso que afetou o índice das notícias mais lidas da Folha Online, colocando uma notícia de 2003 na lista. De acordo com a mensagem, que circula em vários idiomas, Marte “parecerá tão grande quanto a Lua cheia”. O e-mail afirma ainda que o planeta estará a cerca de 55,76 milhões de km da Terra.
Marte está atualmente a 360 milhões de km da Terra, mas boato na internet diz que são 55,76 milhões de km e prega visão de “duas Luas” no céu” />

“É uma notícia falsa e requentada. Na verdade, Marte está agora se afastando da Terra”, afirma Roberto Boczko, professor doutor de astronomia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP (Universidade de São Paulo).

Na realidade, o planeta vermelho está hoje a cerca de 360 milhões de km. A mais recente grande aproximação entre os dois planetas ocorreu no dia 24 de dezembro de 2007 –88 milhões de km. E a próxima está marcada para 27 de janeiro de 2010, quando a distância será de cerca de 100 milhões de km.

Em agosto de 2003, a distância entre Marte e Terra chegou a 55,7 milhões de km, oferecendo uma oportunidade única de observação. Foi a maior aproximação em praticamente 60 mil anos –recorde que vai se manter até 28 de agosto de 2287.

Na avaliação de Boczko, o fenômeno “não tem grande importância do ponto de vista da astronomia”. “Todo ano Marte se aproxima bastante. Em 2003, foi mais do que de costume. Mas é algo corriqueiro”.

Mesmo com essas distâncias, diz o professor, é impossível que os habitantes vejam duas Luas. “Marte nunca chega a ter um brilho que rivalize com a Lua”, diz. Ele explica que, geralmente, o Planeta Vermelho tem um brilho menor que a maior parte das estrelas no céu. Quando há grandes aproximações, essa luminosidade é equivalente, no máximo, à de grandes estrelas.

Da Folha Online

Comentário

Pois é,  eu também dei eco a esta inverdade, que fica assim desmentida


Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 692,195 hits

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

  • RT @fernando_cabral Blogger da Geórgia explica ataque ao twitter http://bit.ly/Oybo5: Fica assim provado que os russos são uns tipos porreir 7 years ago
  • não a favoreceu. Bem longe disso. 7 years ago
  • Isto por aqui está desinteressante, ninguém aborda ninguém, por falta de tema desafiante, adeus e passem muito bem 7 years ago
  • Será que a ideia de rasgar, vai contemplar o plano tecnológico, para que Portugal possa ficar, mais atrasado no resultado lógico 7 years ago
  • a compra de de tamiflu que nem sequer está aconselhado para combater esta estirpe 7 years ago

Follow me on Twitter