Curiosamente à medida que vou conhecendo as dificuldades e os entraves das entidades oficiais à abertura dum lar para idosos ou duma creche ou infantário para crianças, compreendo a razão da crescente tendência para a clandestinidade

E se as entidades fiscalizadoras encarregadas de se pronunciarem sobre as condições das instalações para o funcionamento dessas actividades, fossem elas do pondo de vista do seu funcionamento sujeitas ao rigor que impõem a quem deseja legalmente abrir um Lar para idosos ou um jardim infantil, nenhuma dessas entidades funcionaria porque nenhuma delas estaria em observância da legislação vigente, mas por eles imposta a terceiros.  E obviamente que o exagero da exigência legal para abertura duma qualquer destas actividades, acaba por motivar quem, eventualmente teria vontade de pôr a funcionar as instalações com um alvará ou licenciamento para o seu funcionamento, resultando o exagero das exigências na motivação do funcionamento na ilegalidade. Quem não se lembra de ter visto muito recentemente uma fábrica de pneus a arder com o célebre dispositivo de combate, ou seja aquela ampola de vidro suspensa no tecto ligada a uma conduta de água que, obrigatoriamente em caso de incêndio das instalações onde o mesmo ocorre é partida e fica a jorrar água. Bem se viu o resultado. Efectivamente o dispositivo funcionou mas não adiantou rigorosamente nada as instalações foram consumidas pelo fogo. Isto já para não falar na eficácia, ou melhor na falta dela dos extintores de pó químico, que sempre que se regista um incêndio independentemente da sua dimensão o seu uso não evita rigorosamente nada, ainda que se recorram aos vários tipos de extintores. No entanto apesar de,  por mais do que uma vez em vários registos de incêndios em instalações dotadas de todos os equipamentos contra incêndios, impostos pela legislação vigente, estes têm demonstrado uma total ineficácia no seu combate mesmo que usados em devido tempo. Por isso estar para mim explicada a razão da existência de inúmeras actividades ditas clandestinas ou melhor ilegais, porque as dificuldades criadas pelas diversos departamentos estatais incumbidos dos pareceres para a concessão de alvará ou licença de funcionamento, são dum excesso de zelo que desmotiva qualquer um que se queira dedicar a uma actividade na observância da Lei. 

0 Responses to “Curiosamente à medida que vou conhecendo as dificuldades e os entraves das entidades oficiais à abertura dum lar para idosos ou duma creche ou infantário para crianças, compreendo a razão da crescente tendência para a clandestinidade”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 692,860 hits

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

  • RT @fernando_cabral Blogger da Geórgia explica ataque ao twitter http://bit.ly/Oybo5: Fica assim provado que os russos são uns tipos porreir 7 years ago
  • não a favoreceu. Bem longe disso. 7 years ago
  • Isto por aqui está desinteressante, ninguém aborda ninguém, por falta de tema desafiante, adeus e passem muito bem 7 years ago
  • Será que a ideia de rasgar, vai contemplar o plano tecnológico, para que Portugal possa ficar, mais atrasado no resultado lógico 7 years ago
  • a compra de de tamiflu que nem sequer está aconselhado para combater esta estirpe 7 years ago

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: