Quem anda a engolir sapos são aqueles que neles votam porque os outros não, embora tenham que os suportar a coaxar

Neste artigo de opinião o seu autor lamenta o facto de ter votado em Cavaco Silva e porque não lhe pode retirar o voto que o ajudou a reeleger, sente-se obrigado a engolir os sapos que ele solta, dado que ele vive num tanque de girinos. Mas aqui fica o seu lamento.

1– Esqueçamos as mudanças de opinião do Presidente da República sobre as agências de rating. As tais que em Julho de 2010 não podiam ser recriminadas mas que nesta semana, em entrevista à TSF, foram severamente criticadas por Cavaco Silva, que até chamou cobardes aos líderes europeus que pactuam com elas.

Esqueçamos que o Presidente da República ignorou a crise do euro e o ataque às dívidas soberanas e só há poucos meses acordou para esses problemas. Esqueçamos que o termo “crise sistémica” é recente no discurso do Presidente da República e que, apesar de agora criticar os dirigentes europeus por terem percebido tardiamente as verdadeiras origem da crise, também ele chegou atrasado, muito atrasado.

Pronto: nuns casos, o Presidente mudou mesmo de opinião, noutros ou se esqueceu de nos informar dos seus pontos de vista a tempo e horas ou também a sua opinião, digamos assim, evoluiu. Todos sabemos o que esta malfadada crise fez a muitas das nossas convicções, e só os burros é que teimam em ir contra o óbvio.

Finjamos estar esquecidos do gravíssimo caso das escutas que num país civilizado abriria uma gigantesca crise institucional. Podemos da árvore da nossa memória o infelicíssimo caso das pensões e do insulto que nos foi dirigido pelo Presidente da República.

Eu e muitos, acredito, gostaríamos de ter o voto que demos a Cavaco Silva de volta, mas a coisa não funciona assim. Temos de engolir mais um sapo, pois.

 

O meu comentário

Termina o Pedro este seu artigo de opinião afirmando que ele e muitos do que votaram em Cavaco gostariam de ter de volta o seu voto. Olhe que não, Pedro. Não foram assim tantos embora Cavaco afirme que foi sempre eleito por uma percentagem de 40% o que não é verdade, na medida em que ele se esquece que mais do que essa percentagem representa o número de eleitores que se abstêm de votar, dai a seu representatividade ser muito baixa.

 

0 Responses to “Quem anda a engolir sapos são aqueles que neles votam porque os outros não, embora tenham que os suportar a coaxar”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 694,836 hits

Comentários Recentes

Fátima Sousa em O Infarmed retirou a compartic…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: