Os vampiros que o Zeca Afonso cantou, estão cá quase todos, mesmo algum que emigrou

O António Aleixo, o poeta popular, deixou-nos nas suas sábias quadras, toda a realidade dos nossos dias pese embora tenham sido escritas há vários anos. O saudoso José Afonso, deixou-nos uma obra discográfica a qual quase que diariamente a recordamos por sobretudo os seus versos embora também eles escritos há vários anos, continuarem actuais. De todo o seu excelente trabalho que nos legou a canção “Os vampiros” é aquela que nos dias de hoje se enquadra melhor na nossa realidade de sociedade, na medida em que eles estão quase cá todos com excepção dos que entretanto pela sua avançada idade pereceram. Sugam-nos o sangue e pairam nesta terra vivendo principescamente como na altura da composição desta canção. Mesmo aqueles que imigraram após o 25 de Abril com receio de retaliações  regressaram e até foram indemnizados chorudamente pelos ditos prejuízos causados pelas nacionalizações e ocupações de propriedades. Pouco ou nada mudou no modelo de sociedade que tinha-mos antes da Revolução dos Cravos e a conquista de algumas regalias por parte de quem trabalho, estão em avançado estado de regressão. Isto obviamente por culpa da própria sociedade, que ingenuamente se deixa sucessivamente enganar pelas promessas eleitorais dos partidos governantes que nunca são cumpridas após atingidos os objectivos nos resultados. Não sei se será correcto interpretar se o motivo será ingenuidade ou falta de senso daqueles que à posteriori se manifestam arrependidos por terem votado em forças políticas que os enganam sucessivamente. E embora todos os dias haja manifestações das mais diversas formas daqueles que se sentem traídos pelos governantes que escolheram esses mesmos manifestante deveria fazer um exame de consciência para avaliar da sua cumplicidade, uma vez que dispomos dum regime democrático que ao longo destas mais de 3 décadas deveria já ter servido de lição a quem repetidamente se deixa enganar.

1 Response to “Os vampiros que o Zeca Afonso cantou, estão cá quase todos, mesmo algum que emigrou”


  1. 1 maceta Março 17, 2012 às 6:35 pm

    essa escumalha nunca saiu de cá…
    abraço


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 694,876 hits

Comentários Recentes

Fátima Sousa em O Infarmed retirou a compartic…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: