Continua a valer a pena face ao custo do GPL, possuir um automóvel, com essa característica, mas a legislação existente não o estimula.

Fui possuidor dum automóvel com transformação Bi-fuel a partir do Stand, o  que na altura da aquisição representou uma redução do ISV de mais de 6 mil euros, face à redução do CO2. A escassez de postos de abastecimento de GPL, foi o meu primeiro contratempo, mas o que me fez desfazer dele foi o facto de cada vez que me tinha de deslocar ao Hospital São Francisco Xavier não poder utilizar o seu parque de estacionamento por interdição de automóveis de funcionamento a GPL. Sem dúvida que a economia relativamente ao custo do combustível era significativa, face ao preço da gasolina que já altura atingia valores exorbitantes. Mas a interdição de parqueamento automóvel estupidamente imposta pelos legisladores obrigou-me a vender o automóvel dado por vezes não ter a mínima alternativa para estacionar o meu automóvel. Sendo como tive ocasião de comprovar um combustível muito mais limpo do que a gasolina ou gasóleo, até porque a necessidade de mudança das velas face ao número de quilómetros percorridos ocorria sempre mais tardiamente do que se o carburante fosse gasolina. A limitação do meu ponto de vista imposta estupidamente pelos legisladores aos possuidores de automóveis com funcionamento a GPL, além de os desagradar, não estimula os que não possuem automóveis com este tipo de carburante a optarem por ele. A razão da manutenção do diploma que restringe os possuidores de automóveis a GPL, utilizarem os parques fechados do meu ponto de vista tem um objectivo. Manter as receitas resultantes do imposto que incide sobre o outro tipo de combustíveis mais poluidores. Ou seja nem sequer a questão da preservação do meio ambiente, constitui preocupação dos legisladores, daí não lhes interessar incentivar o aumento de detentores de automóveis a funcionarem a GPL.

2 Responses to “Continua a valer a pena face ao custo do GPL, possuir um automóvel, com essa característica, mas a legislação existente não o estimula.”


  1. 1 maceta Março 23, 2012 às 9:03 pm

    resta saber se por arrasto não vai para valores que não compensa…

  2. 2 jodoas Março 28, 2012 às 9:41 pm

    Isso é quase impossível acontecer porque como o meu amigo sabe muito bem o gás (GPL) é um aproveitamento da refinação da gasolina e do gasóleo, ou seja quase que um desperdício, embora muito menos poluente.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 692,186 hits

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

  • RT @fernando_cabral Blogger da Geórgia explica ataque ao twitter http://bit.ly/Oybo5: Fica assim provado que os russos são uns tipos porreir 7 years ago
  • não a favoreceu. Bem longe disso. 7 years ago
  • Isto por aqui está desinteressante, ninguém aborda ninguém, por falta de tema desafiante, adeus e passem muito bem 7 years ago
  • Será que a ideia de rasgar, vai contemplar o plano tecnológico, para que Portugal possa ficar, mais atrasado no resultado lógico 7 years ago
  • a compra de de tamiflu que nem sequer está aconselhado para combater esta estirpe 7 years ago

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: