Afinal quem assume a responsabilidade dos prejuízos causados aos nossos automóveis causados pela degradada rede viária nas localidades

Tem chovido copiosamente e esse facto está a contribuir para, sobretudo nos remendos efectuados nos pavimentos da rede viária que foram objecto trabalhos levados a efeitos pela empresa distribuidora de gás natural, pelos SMAS e pelos telefones e cujo remendos na reposição do pavimento são normalmente deficientemente realizados. Estão a surgir verdadeiras crateras no asfalto que são tapadas com a água da chuva que cai o que não possibilidade a ninguém condutor poder precaver-se e evitar rebentar com uma jante de liga leve, um pneu ou até mesmo um amortecedor e porque não danificar a a direcção assistida. Há pouco quando me deslocava do meu local de trabalho para casa fui surpreendido por uma dessas crateras em que a roda do automóvel nela mergulhou provocando um enorme ruído, provocado pelo embate da roda no respectivo buraco. Como contínua a chover não faço ideia de quais terão sido as consequências, algo que só poderei avaliar quando o tempo melhorar. Mas admitindo que elas existem a quem depois devo pedir responsabilidades dado que, como proprietário dum automóvel, tal como qualquer outro estou sujeito a pagar os impostos que a legislação impõe. É que parece-me bem que neste país os automobilistas são têm apenas obrigações, porque os direito são cada vez menos reconhecidos. Se queremos circular temos de pagar o IUC, porque entretanto quando adquirimos o automóvel já tivemos de pagar 23% de IVA e ISV. Para o automóvel circular temos de o abastecer com combustível que para além do Imposto Sobre Produtos Petrolíferos, temos ainda de pagar 23% de IVA, ou seja o combustível que utilizamos nos nossos automóveis é duplamente taxado. Se queremos usar o carro para nos deslocarmos a qualquer sítio, para o parquearmos, temos de pagar igualmente e dependendo do período que necessitemos para tratar de qualquer assunto de este for demorado o custo do parqueamento é absolutamente exorbitante. Posto isto. Dá vontade de perguntar a todos os responsáveis por este constante saque aos automobilistas, quais são pois os seus direitos.

0 Responses to “Afinal quem assume a responsabilidade dos prejuízos causados aos nossos automóveis causados pela degradada rede viária nas localidades”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 706.608 hits

Comentários Recentes

Pedro Queiroz em Cada vez mais me capacito que…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: