Uma das notícias de capa do Expresso refere em título que cada carro que passa na A/24 custa 79 euros ao país

Já em tempos abordei esta questão do resultado da introdução de portagens nas ex-SCUT que como se tem visto foi catastrófico nalgumas vias a queda do tráfego foi superior a 40% o que além de não ter contribuído para evitar a indemnizações a pagar aos concessionários veio agravá-las substancialmente, para além de penalizar aqueles que optam por manter o uso dessas vias rodoviárias. A gestão governamental tem-se mostrado ruinosa e vai continuar a aumentar os encargos que o Estado vem tendo com negociações feitas que não acautelaram os seus interesses mas sim os das empresas concessionárias. Este problema do meu ponto de vista tinha uma solução que duma vez por todas acabaria com estes avultados encargos a serem suportados pelo Estado. Bastaria para isso que fossem nacionalizadas todas as redes viárias em Portugal que se encontram concessionadas, assumindo um organismo estatal a sua gestão. E serem fixados montantes anuais para as portagens em todo o país as quais seriam cobradas pelo processo da via verde. Ora se os valores calculados fossem razoavelmente apelativos, não tenho dúvidas nenhumas que muitos automobilistas mesmo aqueles que não têm por hábito realizar grande viagens optariam por aderirem a este sistema que quanto a mim resultaria num encaixe para os cofres do Estado de vários milhões de euros atendendo a vasto parque automóvel existente em Portugal. Relativamente às ex-concessionárias que ao invés de receberem rendas pelas exploração das rodovias nacionalizadas receberiam rendas por apenas o investimento realizado, ainda que beneficiados por juros sobre o valor investido. O Estado passaria pois a ser a nível nacional o proprietário de toda a rede viável e obviamente o responsável pela sua exploração, a qual como referi anteriormente se processaria através do pagamento de um determinado valor fixado para utilizar total ou parcialmente em vários troços de auto-estrada. Ou seja quem quisesse usar indiscriminadamente toda a rede viária sem limitações, pagaria um determinado montante controlado pela via verde mas pago antecipadamente quem, apenas quisesse usar parcialmente outros percursos pagaria um valor inferior mas também este cobrado antecipadamente. E certamente que desta forma teríamos de novo as auto-estradas com o tráfego que anteriormente ao lançamento de portagens tinham e o Estado a arrecadar uma elevada receita, da qual parte serviria para pagar as rendas acordadas com os ex-concessionários e outra parte serviria para pagar os custos de manutenção das rodovias.

1 Response to “Uma das notícias de capa do Expresso refere em título que cada carro que passa na A/24 custa 79 euros ao país”


  1. 1 maceta Dezembro 3, 2012 às 1:21 pm

    quiseram subir a parada pensando que sacavam mais mas enganaram-se bem, aliás, as previsões destes palermas são anedotas.

    abraço


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 692,860 hits

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

  • RT @fernando_cabral Blogger da Geórgia explica ataque ao twitter http://bit.ly/Oybo5: Fica assim provado que os russos são uns tipos porreir 7 years ago
  • não a favoreceu. Bem longe disso. 7 years ago
  • Isto por aqui está desinteressante, ninguém aborda ninguém, por falta de tema desafiante, adeus e passem muito bem 7 years ago
  • Será que a ideia de rasgar, vai contemplar o plano tecnológico, para que Portugal possa ficar, mais atrasado no resultado lógico 7 years ago
  • a compra de de tamiflu que nem sequer está aconselhado para combater esta estirpe 7 years ago

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: