Vou tentar desmascarar o embuste dos inteligentes que continuam a afirmar que ninguém descontou durante os anos de trabalho que justifique o valor da reforma

Nada de mais patética tal afirmação e direi mesmo reveladora duma tentativa de embuste por parte de quem faz as afirmações. E vou já de seguida exemplificar para desmontar este embuste de que ninguém descontou durante os anos de serviço que prestou para estar a receber a pensão de reforma que lhe está atribuída. Baseando-me por exemplo num vencimento de 1.000 euros mensais, quem o aufere desconta 11% mas a entidade empregadora desconta 22%, logo o desconto mensal para a Segurança Social é de 33%. Assim sendo o valor para o fundo de reserva de quem aufere 1.000 euros mensais é de 330,00 € mês, o que corresponde a 3.960,00 euros por anos. Se a pessoa que aufere esse montante trabalhar 35 anos e ao atingir os 66 anos de idade se reformar o fundo de reserva da Segurança Social e era preciso que nesses 35 anos nunca tivesse sido aumentado o vencimento o que seria pouco provável no final o valor dos descontos na totalidade desses 35 anos de 138.600,00 euros. Se porventura essa pessoa na situação de aposentado tivesse vivido até aos 80 anos, significaria que o valor utilizado seria de 144.000,00 euros, ou seja teria utilizado 5.400,00 euros para além do que descontou. Só que se o Fundo de Reserva para garantia das aposentações não fosse delapidado com de resto tem acontecido o dinheiro que deveria lá estar rende juros, logo esse diferencial de 5.400,00 euros deixaria de existir porque seria compensado pelos juros sobre o capital aplicado em depósitos a prazo ou noutro tipo de investimento. Mas insisto ninguém em 35 anos de serviço não sofre aumentos de vencimento e à medida em que tal se regista, aumenta o desconto para a sua aposentação.  Mas utilizando o mesmo exemplo se esse aposentado em vez de beneficiar da reforma durante 15 anos falecer após 5 ou 10 obviamente que a vantagem reverte a favor do Fundo de Reserva da Segurança Social. Por isso estarmos perante o maior embuste este que governantes e especialistas em economia afirmarem que ninguém descontou durante o período que trabalhou os valores que lhes são pagos nas suas pensões de reforma pelo que quem está a ser a garantia e nem sequer é suficiente são os que agora trabalham e estão a descontar para os que estão aposentados.

0 Responses to “Vou tentar desmascarar o embuste dos inteligentes que continuam a afirmar que ninguém descontou durante os anos de trabalho que justifique o valor da reforma”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 692,164 hits

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

  • RT @fernando_cabral Blogger da Geórgia explica ataque ao twitter http://bit.ly/Oybo5: Fica assim provado que os russos são uns tipos porreir 7 years ago
  • não a favoreceu. Bem longe disso. 7 years ago
  • Isto por aqui está desinteressante, ninguém aborda ninguém, por falta de tema desafiante, adeus e passem muito bem 7 years ago
  • Será que a ideia de rasgar, vai contemplar o plano tecnológico, para que Portugal possa ficar, mais atrasado no resultado lógico 7 years ago
  • a compra de de tamiflu que nem sequer está aconselhado para combater esta estirpe 7 years ago

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: