Mas afinal quem julga que enganam estes governantes

Os membros deste governo esvaziam as suas bocas com afirmações de que a máquina do Estado é pesada e para reforçar os seus argumentos vão apresentando como razão de desperdícios de dinheiros públicos, os serviços de saúde e de educação porque são eles os principais absorvedores que recursos que não temos e ao longo dos anos a sua sustentabilidade foi garantida por dinheiro emprestado pelo estrangeiro. Não é segredo para ninguém nem sequer estes incompetente governantes nos dão qualquer novidade quando afirmam ser o sector da saúde e o da educação aqueles que obviamente consomem grande parte das verbas do orçamento, mas é através destes sectores que se garante a instrução e qualificação dum povo e no caso da saúde se tenta minorar o sofrimento de todos aqueles que são acometidos de doenças graves ou menos graves. Paradoxalmente estes mesmos incompetentes governantes continuam a apostar no apoio aos serviços privados de saúde, com os quais gastam avultadas verbas e das quais nem sequer temos conhecimento do real valor para tal sector canalizado. No caso da educação a intenção é a mesma ou seja canalizar recursos financeiros que aliás têm vindo a ser mantidos pese embora o anterior governo após estudos efectuados se propunha acabar com os mesmos. Foi de resto esta situação recentemente denunciada por um excelente trabalho efectuado pela TVI que nos deu conhecimento deste verdadeiro escândalo que é o apoio a colégios privados com chorudas verbas em detrimento do apoio ao ensino público e nalguns casos a promiscuidade denunciada duma situação dum presidente duma autarquia do PSD que está ligado a uma cooperativa de ensino privado para onde são canalizadas elevadas verbas para seus colégios. Em resumo. Os governantes tentam-nos enganar com o argumento de que a máquina do Estado é muito pesada e é urgente torná-la mais leve, entretanto vamos sabendo que quer no universo da saúde privada quer no do ensino privado saem do Orçamento do Estado anualmente avultadas verbas que são no fundo o seu sustentáculo dado que se assim não fosse no caso dos colégios e face à situação de crise já tinha encerrado alguns por falta de alunos e no caso dos diversos hospitais e clínicas privadas a situação económica dos mesmos não estaria muito famosa dado que não seriam as seguradoras apenas e só o garante da sua sustentabilidade. Por tudo isto deixo uma sugestão a estes incompetentes do governo. Acabem com o apoio a todos os colégios em cujos locais onde estão instalados existe resposta por parte das Escola Públicas e façam o mesmo em relação à saúde ou seja deixam de apoiar com chorudas verbas clínicas e hospitais privados em sítios onde existe resposta por parte deste sector público. E não venham deitar-nos poeira para os olhos.

0 Responses to “Mas afinal quem julga que enganam estes governantes”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 695,931 hits

Comentários Recentes

LouannEmoro em A doença do foro oncológico é…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: