O errado conceito de boa qualidade de determinadas marcas de automóveis é fácil de comprovar

E repito ser fácil de comprovar porque o próprio fabricante do automóvel face ao período de garantia mecânica que lhe confere, é sem dúvida o que mais caro torna a manutenção dum veículo e logo à partida demonstra ser a sua tão boa qualidade duvidosa. Vou apenas e só situar o meu raciocínio em modelos de automóveis classificados na categoria de média baixa isto é cujo valor em novo oscila entre os 40 e os 60 mil euros. Ouvimos com frequência muita gente afirmar que os automóveis fabricados na Alemanha, nomeadamente Mercedes Benz, Audi, BMW, Mini e Volkswagen, são de boa qualidade algo que não é demonstrado pela garantia de quem os fabrica porque qualquer uma destas marcas apenas garante defeitos de fabrico dos modelos que comercializa durante um período de 2 anos. Quem sempre possuiu automóvel e nunca se limitou apenas a comprar exclusivamente um modelo duma determinada marca normalmente constrói um conceito de qualidade diferente daqueles que embora possuindo automóvel durante toda a sua vida e trocando após alguns anos de utilização por outro da mesma marca, têm. E muito embora existam muitas revistas que versam sobre o mundo automóvel e sejam nelas emitidas opiniões de quem se afirma entendido na matéria nada do que pretendem comprovar me influencia ou sequer altera a minha opinião relativamente ao conceito de boa qualidade dum automóvel. É certo que existem pessoas que chegam a possuir automóveis durante vários anos com muitos milhares de quilometros e que os custos de manutenção são tão baixos isto é limitaram-se apenas à substituição das chamadas peças de desgaste sem contudo terem alguma vez sido contemplados com uma avaria mecânica. Mas este registo por si só não é razão para alterar a minha opinião, pois trata-se de excepções à regra, uma vez que se efectivamente os automóveis fossem classificados de boa qualidade quem os fabrica em vez de lhe conferir uma garantia de 2 anos, alargavam mais o período de garantia pois esse seria um sinal de que o produto que fabricaram tem defacto uma qualidade que não compromete o fabricante face a tal garantia. E não me venham com o argumento de que algumas marcas que se limitam a dar 2 anos de garantia respondem pela mesma se o possuidor do automóvel percorrer 100.000 kms nessa período de tempo, porque serão muito poucos aqueles que o conseguirão fazer dada que para os automóveis a diesel a média normal de quilometragem atribuída para cada ano é de 25.000 kms.Por isso vamos lá desmontar esse errado conceito de boa qualidade de algumas marcas de automóveis porque se essa fosse a realidade os seus fabricantes alargavam a garantia mecânica dos mesmos que é algo que custa muito dinheiro aos seus proprietários. 

0 Responses to “O errado conceito de boa qualidade de determinadas marcas de automóveis é fácil de comprovar”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 694,836 hits

Comentários Recentes

Fátima Sousa em O Infarmed retirou a compartic…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: