A propaganda, vulgo publicidade, foi sempre um meio que alguém utiliza para atingir os fins

Há muito que ando com a intenção de, duma vez por todas,  desmascarar , sobretudo junto das pessoas mais influenciáveis, a intenção duma propaganda política ou da publicidade intensiva dum qualquer produto ou serviços que as pessoas acabam por adquirir ou assumir como uma desejo que logo a seguir à sua concretização na maior parte das vezes. se traduz numa completa frustração. Vou começar pela propaganda política. O país quando através da revolução dos cravos atingiu a liberdade de expressão e de associação, a tendência de grande parte da população foi alinhar-se à esquerda. Através das nacionalizações cometeram-se os mais diversos erros e disparates os quais vieram-se a reflectir no governo de Mário Soares em 1976, o que o obrigou a tomar medidas drásticas com recurso ao FMI, obrigando a que a população se submete-se a sacrifícios que já não estava habituada a sujeitar-se. Foi de resto nessa altura que Mário Soares engavetou o socialismo o qual nunca mais foi tirado da gaveta. Logo a seguir a direita que detinha a maior parte dos meios de comunicação social, utilizou o método da campanha sistemática que, sabendo-se na presença dum povo eminentemente analfabeto e que tinha acabado de sair duma situação de país colonizador e face ao abrupto processo de descolonização, facilmente seria possível através de propaganda intensiva conseguir manipular a opinião daqueles que regressaram das eis-colónias e que, tal como no Continente não estavam habituados ao exercício democrático do poder político. E facilmente o PSD através do actual presidente da república, então líder do partido, catapultá-lo para a chefia do governo durante dois mandatos, que curiosamente coincidiram com a nossa recente entrada na União Europeia e por essa razão como membros plenos passamos a ser contemplados com enormes verbas dali vindas para vários projectos quew na altura foram absolutamente mal canalizados e que proporcionaram a muita gente do PSD enriquecer com fundos comunitários que nem sequer chegaram a ser aplicados nos projectos para os quais se haviam candidatado. De tal forma que ainda me recordo sobretudo em investimentos que deveriam ter sido efectuados no Alentejo, terem aparecido fotografias nos jornais com automóveis topo de gama da AUDI com alfaias agrícolas atrelados para trabalharem as propriedades para onde haviam sido canalizadas as verbas. Foi na altura de Cavaco Silva como 1º. ministro de Portugal em dois mandatos que mais dinheiro do UE de fundos comunitários entraram em Portugal e foram pura e simplesmente mal canalizados e mal aproveitados porque foram utilizados em proveito próprio pelos contemplados pelas verbas concedidas. De resto tudo isto que acabei de citar não é novidade para ninguém já foi mais do que uma vez denunciado. Mas como os meios de comunicação social se encontram em poder de grupos económicos ligados à direita, a propaganda continua a proporcionar governos de PSD e CDS, porque as pessoas são influenciáveis e gostam de ser enganadas apesar de depois de os escolherem sentirem-se arrependidas. O mesmo se passa no universo dos bens de consumo nomeadamente nos automóveis. Por exemplo as campanhas das marcas premiun dos alemães são das mais persistentes e agressivas que nos damos conta todos os dias na televisão em que o custo é absolutamente elevado e quem o vai suportar no final ou seja na compra é o consumidor. Assim se explica a razão do porquê que em Portugal existe uma manifesta preferência na compra de automóveis de origem alemã, A publicidade sobre os modelos e marcas é intensiva e por isso as pessoas optam por comprar,  apesar de  não existirem indicadores de fiabilidade que justifiquem tal preferência.

0 Responses to “A propaganda, vulgo publicidade, foi sempre um meio que alguém utiliza para atingir os fins”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 693,453 hits

4shared

Top Clicks

  • Nenhum
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: