Arquivo de Janeiro, 2015

Sem dúvida que os gregos mandaram pastar os mercados mas Portugal tem de se ajudar a esquecer a sabotagem bovina , oportunista e explicitada contra o capitalismo popular. É assim que Ferreira Fernandes encerra o DN de hoje

001

Já há muito que andava desconfiado que era isto que estava a acontecer mas agora confirmei a razão do porquê da dificuldade de parqueamento

Nos dois parques que ladeiam a minha rua de há um tempo a esta parte tenho vindo a notar a presença de automóveis que antes não os via parqueados e que ali permanecem vários dias sem mudarem de posição. Este facto tem originado o aumento da dificuldade a partir de determinada hora por parte dos moradores onde me incluo de estacionarem os seus automóveis porque os lugares que encontram ocupados por automóveis que não pertencem a quem ali mora nem por perto nem mais longe. Tenho vindo a reparar que de quando em vez vejo pessoas não conhecidas na zona a falar com outras pessoas sobre a compra dum ou doutro automóvel ali estacionado. Conclusão. Esta dificuldade que de há algum tempo a esta parte vamos sentido os moradores nesta zona deve-se ao facto de que os parques foram invadidos por automóveis de vendedores de rua que agora como é proibido porque sujeito a coima colocar dísticos a anunciar a venda dos automóveis alguém que se dedica a esta tipo de actividade resolve  ocupar os parques de estacionamento que apesar de não serem exclusivos de quem mora na zona, e recorrendo a anúncios na internet, sem terem qualquer tipo de custos, mas prejudicando os moradores das zonas nas quais fazem a ocupação com carros que têm em venda e depois de serem contactados com possíveis interessados vêm mostrar-lhes os carros como se até tratasse da venda dum particular a particular, quando afinal se trata da venda dum negociante de automóveis usados que agora além de nem sequer terem encargos com o aluguer dos espaços públicos que ocupam com os automóveis que negoceiam nem sequer têm qualquer tipo de encargos fiscais com esse mesmo negócio. E entretanto vão lixando a vida aos moradores cujos parques de estacionamento que foram criados nas zonas habitacionais onde residem acampam por se transformar em parques de automóveis de negociantes.

Tem toda razão Fernanda Câncio neste seu artigo de opinião publicado no DN é um silêncio comprometedor este da representação sindical dos magistrados

Um procurador quer assistir ao sorteio, no Tribunal da Relação, que decidirá, em suposta aleatoriedade, qual coletivo de juízes apreciará um recurso referente a processo cuja acusação dirige. Apesar de a notícia que tal revelou, publicada na segunda-feira no Correio da Manhã e até agora não desmentida, certificar tratar-se de algo totalmente inédito, nela não se encontra referência a qualquer contacto com o procurador em causa para confirmar ou infirmar o facto; muito menos contraditório perante a expressão de uma suspeita tão forte sobre um procedimento de um tribunal que levaria um agente judicial a querer estar presente para “policiar”.

O paradoxo continua na reação no dia seguinte, no Expresso online, do presidente do Tribunal da Relação. Este é citado dizendo que não recebeu qualquer pedido, que a receber seria o primeiro, que não acredita que venha a ser feito mas que se for não se oporá. Termina garantindo que a escolha do coletivo é feita por computador e não pode ser “manipulada de forma alguma”. Assim, a afirmação do juiz de que não acredita na intenção noticiada – como quem diz que é inacreditável – é o mais longe que vai. Perante a insinuação pública, para mais atribuída a um destacado membro do sistema de justiça, de uma suspeita gravíssima sobre o seu tribunal, prefere fazer de conta que não percebeu.

Também o silêncio até agora total da Associação Sindical de Juízes (normalmente tão reativa a toda e qualquer crítica aos magistrados que representa, tão repudiante de tudo o que lhe pareça cheirar a “pressão”) e do órgão que superintende a judicatura, o Conselho Superior de Magistratura, parece evidenciar que algo só passível de ser interpretado como infamante para os juízes – a insinuação de que se viciam sorteios nos tribunais e que os magistrados não são isentos e imparciais, podendo existir decisões estabelecidas à partida – é por estes recebida como nada tendo de especial.

A não ser, claro, que o que determina tal ausência de indignação pública seja, não o que é dito, mas quem diz. E a pessoa a quem a intenção é atribuída é Rosário Teixeira, o procurador que dirige a acusação a Sócrates. Sendo sabido que Sócrates e o processo em que é central extremam as perspetivas, a visão à lupa do sistema judicial assim propiciada só poderá ser desconsiderada por fanáticos. E o que se vê neste episódio (e outros) é aterrador. Se é a qualidade da pessoa, e eventualmente do processo em causa, a calar os expectáveis – obrigatórios, mesmo – protestos da judicatura, que dizer da pressão assim criada sobre quem irá decidir o recurso? Que dizer da justiça que podemos esperar neste processo – e portanto em todos os outros? E como olhar, à luz do labéu que a notícia lança sobre todos os juízes, o facto de aquele com quem Rosário Teixeira trabalha em tão noticiada sintonia não ter sido escolhido no tal aleatório sorteio da praxe mas se impor como único? Podemos suspeitar, também?

 

Os alemães do grupo VAG bem tentam mas não conseguiram ainda lá chegar porque há países que não apreciam os seus produtos

Toyota coroado o maior fabricante de automóveis do mundo pelo terceiro ano 

Toyota Motor Corp. derrota a Volkswagen AG por continuar a ser a marca mais vendida no mundo pelo terceiro ano consecutivo, impulsionado pelo recorde entregas dos EUA de seus SUVs, de acordo com o registo 2014 anunciado pela empresa quarta-feira. As vendas mundiais de Toyota, incluindo suas unidades Hino Motors Ltd. e Daihatsu Motor Co., subiram 3 por cento, para 10,23 milhões de veículos no ano passado, de acordo com um comunicado da empresa.Volkswagen divulgou na semana passada um ganho de 4,2 por cento, para 10.140 mil veículos, incluindo suas duas unidades de camiões pesados. General Motors Co. seguida com 9,92 milhões de vendas, de 2,1 por cento. O aumento da procura por utilitários e desportivos, incluindo o RAV4 compacto e médio porte Highlander passeado ganho de participação de mercado dos Estados Unidos da Toyota no ano passado, estimulando planos para aumentar a produção local e as exportações do Japão em 2015. Como Volkswagen e GM adicionaram fábricas para reforçar a sua já dominante posição na China, a estratégia do presidente Akio Toyoda de renunciar a construção de fábricas de automóveis novos pelo menos até o próximo ano pode resultar no primeiro shake-up na liderança auto-vendas desde 2011. “Seu foco não é o número 1”, disse Peggy Furusaka, analista-crédito automóvel com sede em Tóquio em Moodys Investors Service. “A Toyota está mais preocupado em manter a rentabilidade do que os números perseguindo. Então, para os próximos anos, eu não ficaria surpreso de ver Toyota vender menos carros do que VW “. Toyota prevê um declínio de 1 por cento em vendas anuais para 10.150 mil veículos em 2015, a cidade de Toyota, montadora com sede em Aichi Prefecture disse em um comunicado quarta-feira. Volkswagen e GM não anunciou as projeções para este ano. Toyoda, 58 e neto do fundador, é frear a construção de novas usinas seguinte aceleração não intencional súbita lembra em 2009 e 2010 e tsunami do Japão no próximo ano. O congelamento fábrica foi uma resposta a essas crises início do mandato de Toyoda. Superexpansão antes de se tornar presidente havia contribuído para primeiro prejuízo anual da montadora em quase seis décadas. As vendas em os EUA para a Toyota subiram 6,2 por cento, para 2,37 milhões de unidades no ano passado em os EUA, ultrapassando o crescimento para a GM, a maior montadora dos Estados Unidos, de acordo com as entregas pesquisadora Autodata Corp. Registo ajudado SUV Toyota as vendas quadruplica  face à Volkswagen, que caíram 2,9 por cento, Autodata disse. A marca VW vende apenas dois SUVs em os EUA – o Tiguan compacto e sofisticado Touareg – enquanto os campos Toyota cinco. A montadora japonesa está agora a considerar SUVs menores para um maior crescimento, Jim Lentz, vice-presidente executivo de operações norte-americanas da Toyota, disse em uma entrevista este mês. Na China, a Toyota vende menos de um terço o número de veículos como Volkswagen ou GM, que se comprometeram a continuar a construir fábricas locais para abastecer um mercado deverá se expandir para outro recorde de mais de 25 milhões de veículos este ano. Vendas da GM China subiram 12 por cento no ano passado para 3,54 milhões de veículos, enquanto a China continental e Hong Kong representaram um recorde de 3,67 milhões de entregas em Volkswagen no ano passado, um aumento de 12 por cento e aumentar a vantagem do país como maior mercado único do fabricante alemão. Em contrapartida, a Toyota entregou menos veículos na China no ano passado do que apontado como a desaceleração do crescimento do stock de veículos o que levou alguns dos seus concessionários a ameaçar abandonar a sua rede de vendas. As vendas subiram 12,5 por cento, para 1,03 milhões de unidades, faltando sua projeção para 1,1 milhões. A empresa manteve a mesma meta para este ano. VW planeia aumentar a capacidade de produção anual na China para 4 milhões de unidades em 2018.

Mais um conselho que reproduzo com todo o gosto

Magnésio, a medicina não amada

Caro leitor, caro leitor,

Sua dieta é o seu principal aliado para reduzir o risco de cancro.

Compostos naturais incontáveis ​​em alimentos e especiarias (não processados ​​industrialmente) têm propriedades anti-cancro, e é por isso que é tão importante para variar a dieta, baseada em produtos saudáveis ​​e naturais.

Você sabe que a estratégia anticancerígeno inclui frutas negras (bagas) ômega-3, vitamina D, antioxidantes, isoflavonas, alho, açafrão, pimenta preta, café, vermelho e, a porcas (Grenoble, Brasil), alguns cogumelos (shiitake, maitake, Coriolus versicolor, Schizophyllum).

Mas lembre-se tão mundano como magnésio mineral, presente em uma quantidade em vegetais verdes, abacate, amêndoas, sementes de gergelim, abóbora e sementes de girassol, chocolate amargo, nozes, spirulina (alga azul) e trigo mourisco também pode obter em sua estratégia anti-cancro.

Magnésio: o medicamento não amado

Conhecendo os benefícios do magnésio, um é surpreendido ao ouvir tão pouco falar nas definições médicas e hospitalares.

Temos o prazer de prevenir as pessoas cansadas, que têm cãibras, formigamento, que suspeitamos ser uma deficiência de magnésio.

Mas é como reserva de vitamina C para as pessoas que têm o escorbuto, ou água para as pessoas que estão morrendo de sede.

Mais de célula de combustível com magnésio

Magnésio células que têm o seu preenchimento, são células capazes de produzir células de combustível máxima (ATP = adenosyl trifosfato).

Eles são assim células que:

  • contrair e relaxar melhor (se eles são células musculares)
  • produzir defesas mais naturais (se são células do sistema imunológico)
  • melhor transmitir as mensagens (se eles são as células nervosas, tais como neurónios)
  • melhor reparar os danos causados ​​pelo envelhecimento, poluição, oxidação, etc.

Mas isso não é do interesse de magnésio só.

O magnésio protege as células

O magnésio desempenha um papel importante em inúmeras funções metabólicas (por exemplo, funções que asseguram a vida do organismo).

Encontra-se em 300 enzimas diferentes no corpo e pode ser fixo a 3751 sites proteínas humanas. As enzimas são moléculas que desencadeiam reações químicas. As proteínas são os “tijolos” que formam os músculos, pele e órgãos.

O magnésio tem um papel importante no sistema de desintoxicação e assim protege as células contra os danos causados ​​por produtos químicos no meio ambiente, metais pesados ​​e outras toxinas.

O antioxidante mais potente produzido pelo organismo, a glutationa, o qual desempenha um papel importante na desintoxicação, incluindo o fígado, de magnésio necessário para o seu fabrico.

É também útil para a regulação dos níveis de açúcar no sangue. Isso reduz o risco de diabetes tipo 2 (aumento do nível de açúcar no sangue causadas por uma diminuição na sensibilidade das células à insulina, ou uma depleção de células do pâncreas responsáveis ​​pela produção de insulina) tipo. No entanto, a falta de controle de glicose e diabetes bastante danificado as células do corpo e promover tumores cancerígenos.

O magnésio reduz o risco de cancro de cólon

Portanto, não é surpreendente que, através deste efeito protetor, também vimos que as pessoas bem suprimem a falta de magnésio também têm menos risco de cancro..

Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition demonstrou que qualquer aumento de 100 mg de ingestão de magnésio na dieta foi associado com uma redução de 12% no risco de cancro colorretal.

Observo, de passagem, mesmo que isso não tem nada a ver, trata magnésio tipação, devido aos seus efeitos laxativos. Digo isso porque muitas pessoas que têm problemas de constipação são aconselhar a beber água mineral rica em magnésio (Badoit, Hépar, Quezac). Finalmente, é um componente essencial do esqueleto.

Você tem falta de magnésio?

O magnésio é a originário da terra, e nós sabemos que formas intensivas de agricultura moderna esgotam a terra.

Por isso, é provável que os alimentos que você come contém menos magnésio que há 20 anos de atrás.

Mas até mesmo tem em vista a sua dieta, algumas pessoas têm uma tendência natural para ter falta de magnésio. Os fatores predisponentes são:

  • do doente rins, causando perda excessiva de magnésio na urina;
  • diabetes, especialmente quando é mal controlada, leva a perdas de magnésio na urina;
  • Idade: os idosos são mais propensos a ser desperdiçada como intestinais magnésio diminui absorção;
  • medicamentos: diuréticos, antibióticos e alguns medicamentos contra o cancro pode causar deficiência de magnésio.
  • A tendência ao stresse, campo Espasmofilia: para eliminar os hormônios do stresse (cortisol, adrenalina …) presentes no sangue após um golpe de stress, o organismo utiliza minerais nos tecidos (músculos, ossos), causando perda mineral eliminado na urina. Mas o magnésio é essencial para monitorar a tensão nervosa e relaxar os músculos, diminuição dos níveis de magnésio levar ao aumento da tensão nervosa. O círculo vicioso é iniciado, e pode levar à depressão, se não parar com isso. Daí a importância do estabelecimento de uma estratégia de nutrição abrangente, incluindo tomar um bom suplemento de vitaminas e minerais, além de uma ingestão de magnésio ricos altamente absorvível (eg Germag Lorica de magnésio com seus co-fatores de assimilação, juntamente com o Daily 3 Supersmart de vitaminas e outros minerais).
De acordo com estudo SUVIMAX da população francesa, 77% das mulheres e 75% dos homens estão abaixo da ingestão diária recomendada de magnésio!
(Na sequência abaixo)


Encontre o gosto de uma boa saúde

Há um delicioso tempero: a curcumina, para colocar em seus curry, peixes grelhados ou tomar um prato de arroz. Além de estimular as suas papilas gustativas, a curcumina é um antioxidante e anti-inflamatório potente, eficaz na prevenção da doença de Alzheimer e certos cancros. Mas você sabia que ele deve ser associado com uma gordura ou melhor ainda, a piperina contida na pimenta para melhorar a sua eficácia? Vá aqui para descobrir dezenas de outros segredos eficazes naturais da saúde contra as doenças crônica, dor, aborrecimentos da vida cotidiana …

Desenganem-se todos aqueles que acham que o terrorismo é uma forma de vencer uma causa

Possivelmente muitos dos líderes que hoje optam por acções contínuas de terror, dizimando vítimas inocentes, não vão sair vitoriosos face ás causas que defendem. Desenganem-se pois esses mesmos líderes do êxito das suas acções, bem como todos os seus apoiantes e ainda aqueles que não sendo, julgam ser possível por esta via a atingirem os seus fins. Muito provavelmente, na minha opinião, os líderes radicais que conduzem estes movimentos terroristas, basearam-se no resultado obtido pelos movimentos ditos de libertação dos territórios africanos que estiveram durante vários séculos a ser colonizados por países europeus. Mas nada esses líderes estão absolutamente enganados, porque o que determinou a entrega por parte dos países europeus de territórios então colonizados, não foram as acções terroristas que foram desenvolvidas contras as populações de origem europeia que viviam nesses países e detinham a administração desses territórios e as actividade industriais e comerciais neles existentes. O que levou a que esses territórios africanos acabassem por ser entregues aos africanos foi apenas e tão só a pressão exercida internacionalmente pelas principais potencias de armamento, ou seja, na altura a URSS, os EUA, e a China, países esses que forneceram armamento aos movimentos ditos de libertação desses territórios e com o objectivo claro como se resto se veio a confirmar desses países se substituírem aos países colonizadores, passando essas potencias a serem parceiros do poder africano então instituído a explorarem os recursos que até então eram objecto de exploração por parte dos países colonizadores. Há quem afirme ter sido a eclosão de acções de terrorismo que desencadearam o processo de descolonização então imposto pelas potencias internacionais. Terá sido certamente e quanto a isso não terei qualquer dúvida, pois foram essas acções que aceleraram o processo de descolonização pese embora esses mesmos países outrora colonizados por países europeus estejam a ser neo-colonizados pelas potencias que os ajudaram nas acções de terrorismo. Mas presentemente o terrorismo que grassa no Mundo não tem nem pode ter o êxito que teve aquele que foi praticado nas ex-colónias africanos. Este terrorismo é religioso, ou seja levado a cabo por líderes fundamentalistas que acreditam poder impor pela sua acção a liderança nos territórios em que actuam. Ora como estas acções além de não terem qualquer apoio internacional através do organismo representativo das nações a ONU, têm pelo contrário o seu repúdio e contestação. Daí, além da intenção dos líderes radicais promotores do terrorismo não ter a mínima hipótese de êxito, no dia em que as nações se unirem para combater eficazmente os grupos terroristas que operaram em vários países, serão obviamente dizimados.

Como continuo a receber informação que julgo de extrema importância sobre o combate à diabetes tipo 2 com os famosos fármacos que põem em risco a vida dos diabéticos aqui vai mais uma transcrição

Diabetes: O remédio natural que abalou a indústria farmacêutica!

Caro leitor, caro leitor,

Não é uma planta como muitas grandes empresas farmacêuticas prefeririam que nunca falássemos: berberina.

Comumente usado na medicina chinesa e Ayurveda, este alcalóide planta é conhecida por suas imunoestimulantes, antifúngica, antibacteriana e faculdades para regular distúrbios intestinais.

Mas, por algum tempo, a investigação científica adicionou uma nova seqüência ao seu arco tradicional: o tratamento da diabetes tipo 2 (90% de diabetes) Com um sucesso que ultrapassa o da droga anti diabético vulgo (metformina) !.

Agora você entende por que alguns fabricantes de medicamentos têm interesse neste novo ainda muito discreto.

Informações cruciais sobre isso podem ser descobertas na edição de Janeiro de Plantas e bem-estar.

Esta é uma grande notícia, quando sabemos todas as complicações que podem resultar de uma muito longa diabetes não controlada:

  • Pessoas com diabetes tipo 2 têm uma média de eventos cardiovasculares (infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral) 15 anos antes dos outros;
  • o risco de morrer de um problema de coração é de 2 a 4 vezes maior do que em outros;
  • A diabetes é a principal causa de cegueira (sendo cego) em pessoas  dos 20 aos 74 anos;
  • A diabetes é a principal causa de insuficiência renal;
  • 60 a 70% dos diabéticos têm problemas de nervos, tais como: perda de sensibilidade nas mãos e pés, má digestão, síndrome do túnel do carpo, impotência;
  • amputação a cada ano, 5.000 amputações de membros são realizadas na França, em consequência de diabetes;
  • A higiene oral: quase um terço das pessoas com diabetes têm problemas de gengiva graves.

Hoje em dia, a diabetes é normalmente tratada através de qualquer uma insulina de substituição (injecções, bombas) ou com os hipoglicemiantes (aqueles que reduzir o nível de açúcar no sangue).

Essas drogas, por vezes, têm efeitos colaterais muito graves:

Um grande estudo [1] sobre os efeitos das drogas contra diabetes teve que ser interrompido abruptamente porque percebemos que os pacientes diabéticos que tomam mais medicamentos tiveram o maior risco de infarto do miocárdio, de acidente vascular cerebral e morte por doença cardíaca!

Mas o que evita cuidadosamente ditado é que o diabetes não é inevitável condenado apenas ao tratamento por drogas.

Na edição de janeiro de Plantas e de bem-estar, você vai descobrir que as mudanças no estilo de vida e do uso deplantas medicinais bem selecionados são usados ​​para melhorar significativamente o controle glicêmico e prevenir complicações do diabetes.

  • Em estudos recentes, plantas apresentaram para a diabetes tipo 1 que a falta de secreção de insulina pelo pâncreas (fenômeno supostamente irreversível) pode ser reativado!
  • Este é o caso da canela do Ceilão, ginseng americano, melão amargo para falar só deles.
  • Outras especiarias que já estão em suas prateleiras de cozinha, também prevenir a doença diabética. Você vai descobrir:
    • aqueles com propriedades cientificamente comprovadas de ação contra a diabetes,
    • associações para favorecê-los (por exemplo, adicionar pimenta preta com açafrão)
    • a dosagem eficaz para propagar pó pitada de perto,
    • as possíveis interações medicamentosas devem ser considerados com cautela.

Nesta edição de Plantas e de bem-estar, você vai encontrar muitas outras “nuggets” na medicina herbal, naturopatia ou óleos essenciais:

“Um chá de ervas para se sentir bonita!”. O título soa um pouco “revista feminina” (que significa: é o “blah” …!). Mas experimentar os nossos chás de ervas que combinam urtiga, cavalinha, vidoeiro e morangos, em proporções muito precisas e uma receita única, e você vai ver o resultado, se você tem unhas quebradiças e cabelos enfraquecidos. Então diga-nos se este é o “blah” …

“Ótimo, eu tenho uma febre violenta!”. Nem sempre é necessário para tratar a febre. Porque ao contrário da crença popular, o indicador direito de perigo não é, necessariamente, o termômetro …

Todo mundo está convencido de que a hortelã reverte os efeitos dos remédios homeopáticos. E se lhe dissessem o contrário, pode, sob certas condições, aumentar a eficiência! Nós dizemos-lhe como.

– Acupuntura: quando os óleos essenciais substituir as agulhas Seja o primeiro a descobrir esta nova terapia muito promissora: fito-energia.

Esta não é uma planta, é um canivete suíço multi-opção! É o chamado “gesso camponês” por sua ação cicatrizante; os ácidos fenólicos conferir actividade antibacteriana; também é eficaz contra picadas de urtiga ou insecto. E isso não é tudo: bananeira pode acomodar em diarréia, constipação, dor de garganta, inflamação da mucosa oral. Para usar este kit farmácia natural, não é apenas um detalhe para resolver: como reconhecer com certeza.

Um remédio anti-câncer descoberto em uma árvore … por chimpanzés! Estes macacos latir sob esforços tremendos uma árvore chamada a albizia para extrair a resina. Ele não só acalma sua diarréia, mas tem moléculas saponides compropriedades anticancerígenas muito promissores (talvez a explicação que eles permaneçam saudáveis ​​do que os seres humanos)!

– Para as pessoas que se sentem inúteis, mal amada, lycopodium é uma planta que conforta suavemente. Devo dizer que tem uma incrível devido ao modo tratar …

– “É fácil para plantar o manjericão! “Hmm …. Realmente? Para aqueles que já participaram da secura repentina e apodrecer seu plano de manjericão, esta pequena frase tem algo … de irritante! Será que eles sabem que dizer que é “fácil”, uma demanda manjericão planta:

  • de ficar de fora na sombra parcial durante vários dias,
  • precisa operações de enchimento suavemente sem danificar as raízes,
  • posicionar o colar à superfície do solo para evitar apodrecimento de plantas
  • e, especialmente, deixando uma distância de 25 centímetros entre cada pé.

E rega e tamanho? A grande ameaça representada por um fungo do solo, Fusarium, eles realmente sabem tudo, também? Não tão certo …

Leia também na edição de janeiro de Plantas & Wellness: gerânio contra bronquite e sinusite aguda; A melhor receita para um chá de ervas que remineralizes; Se as plantas pudessem falar, o que eles nos dizem? A surpreendente resposta …


Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 691,542 hits

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

  • RT @fernando_cabral Blogger da Geórgia explica ataque ao twitter http://bit.ly/Oybo5: Fica assim provado que os russos são uns tipos porreir 7 years ago
  • não a favoreceu. Bem longe disso. 7 years ago
  • Isto por aqui está desinteressante, ninguém aborda ninguém, por falta de tema desafiante, adeus e passem muito bem 7 years ago
  • Será que a ideia de rasgar, vai contemplar o plano tecnológico, para que Portugal possa ficar, mais atrasado no resultado lógico 7 years ago
  • a compra de de tamiflu que nem sequer está aconselhado para combater esta estirpe 7 years ago

Follow me on Twitter