O ponto a que chegou a ética jornalística quando se fala de Sócrates

VAI E VEM

circo mediáticoO artigo de Fernanda Câncio – ” Évora show” –  publicado hoje no Diário de Notícias (só disponível para assinantes mas podendo ser lido na íntegra aqui) devia ser lido e discutido nas redacções. A matéria nele versada não é para reguladores nem para a justiça, é para os jornalistas e para os seus órgãos de auto-regulação (se os houvesse) e, muito em particular, para os editores e directores.

Sei que será ignorado, por um lado, porque os jornalistas em geral não estão interessados em discutirem questões éticas e deontológicas da sua profissão e, por outro, as chefias são as principais interessadas em que as questões éticas e deontológicas não “estraguem” uma “boa notícia” e uma “boa imagem”. Os repórteres que montaram o “arraial” á porta da cadeia de Évora (de que fala Fernanda Câncio”) mais não fazem do que obedecerem às suas hierarquias e estas guiam-se…

View original post mais 436 palavras

0 Responses to “O ponto a que chegou a ética jornalística quando se fala de Sócrates”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 693,439 hits

4shared

Top Clicks

  • Nenhum
Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: