Arquivo de Julho, 2015

Esta a ser apresentada a mentira em que os membros da coligação governamental acreditam e que pomposamente lhe chamam programa de governo

Ninguém está esquecido que quando António Costa apresentou o programa de governo do PS os responsáveis dos partidos da coligação com especial destaque para Passos Coelho e Paulo Portas entre outros vieram afirmar que era preciso manter a austeridade porque só dessa forma se poderia atingir os objectivos definidos pelos credores e o cumprimento dos compromissos assumidos. De resto e sé para lembrar era necessário ir buscar 600 milhões de euros ás pensões de reforma e estava foram de questão reduzir o IVA da restauração para o valor que antes tinha. Para não perder mais tempo com este enunciado de mentiras da coligação a que pomposamente lhe chamam programa de governo, nada do que agora anunciam como intenção em implementar estava até há poucos dias atrás subjacente ás afirmações que eram feitas pelos responsáveis pelo executivo. Achei curioso foi o facto de aparecerem logo os papagaios ao serviço da comunicação social que agora já é possível, implementar reformas e atender à situação social que muitos vivem. Quando o PS anunciou a sua intenção de mudar o rumo das coisas estes mesmo papagaios ao serviço da comunicação social comentavam perguntando onde é que o António Costa iria buscar o dinheiro para implementar o seu programa, agora anunciado por estes já é possível. Não me vou alongar mais pela perda de tempo que isso traduz mas lamentar efectivamente esta campanha que já se está a perceber a comunicação social se propõe apoiar. Mas do meu ponto de vista tudo isso se traduzirá numa perda de tempo porque quem aldrabou antes, vai voltar a aldrabar, até porque tem a noção das engenharias e manobras que tem realizado para enganar as instâncias internacionais nomeadamente com a manipulação dos dados que o INE torna público.

As autarquias e as obras faroónicas que se tornaram moda, com disparates à mistura na delapidação de recursos que não têm

Todos nós temos a noção de que generalização pelas autarquias na implementação de rotundas quer no interior das localidades,  quer nas entradas e saídas das mesmas, absorveram elevados montantes dos seus orçamentos apesar de alguns subsídios vindos da UE. Depois generalizou-se o investimento em piscinas municipais a maioria com água aquecida em localidades como por exemplo Almeida em que a sua população mesmo que toda ela frequentasse a dita piscina, seria possível rentabilizá-la. Um investimento absolutamente disparatado tendo em vista certas localidades em que tal foi feito sem qualquer retorno e bem pelo contrário a registarem prejuízos face à manutenção deste tipo de equipamento. Logo a seguir os municípios resolveram investir em ciclovias e no caso da autarquia de Oeiras e não só lá se vê passar de quando em vez um ciclista na sua utilização. Ultimamente tenho notado que no Concelho de Cascais a moda nova em termos de investimento é nalgumas ruas com dois sentidos eliminarem um dos sentido, ou seja a rua passar a ter apenas sentido único e a faixa de rodagem substituída por passeios duma largura enorme que certamente irão servir para os moradores neles parquearem os seus automóveis. Mas o mais curiosa é que este investimento em largos passeios não se limita ás ruas dentro das localidade já estão a ser construídos passeio ao longo de estradas que ligam povoações. Ora é sabido que nem os portugueses têm propensão para percorrerem longos caminhos a pé, nem os detentores de bicicletas enchem ou pelo menos animam as ciclovias que se vêm por aí espalhadas dentro e foram das localidades. Em conclusão. Apesar das rotundas permitirem sem dúvida uma certo descongestionamento no fluxo do trânsito e que deixo de ser moda, porque também já não há espaço para as implementar, as autarquias torraram dinheiro a investir em piscinas municipais com águas aquecida a maioria das quais não as conseguem rentabilizar e muito menos conseguir com a receita que arrecadam suportar os custos de manutenção. As ciclovias foi um investimento que como se vê não aproveitado pela maioria dos ciclista que agora nem sequer precisam disso porque este governo através da alteração do Código da Estrada concedeu-lhes um estatuto que se sobrepõem ao dos automobilistas e ainda que continuem a investir na construção de passeios ao longo das entradas não consegue com isso entusiasmar as pessoas a andar a pé

O líder do PS, António Costa, só não terá maioria absoluta senão quiser e para isso aqui vão as sugestões

Como todos nos lembramos os últimos executivos têm prometido diminuir as gorduras do Estado mas tal não tem acontecido, para além de alguma dispensa de pessoal como foi em especial no sector dos docentes com a sua drástica diminuição, aumentando as turmas para colmatar tal decisão, que não teve grande impacto na despesa do orçamento do Ministério da Educação porque entretanto aumentaram substancialmente os apoios ao ensino privado. Mas vamos ao que interessa em matéria de sugestões para que o PS consiga a maioria absoluta. Para isso António Costa tem de fazer a promessa sobre compromisso de honra. Começando pela Assembleia da República, acabar com as mordomias que os deputados têm e que nenhum eleitor está de acordo, facto de resto constatado ao nível das redes sociais. Rever o pacto regimental existente na Assembleia da República de molde a que o PS com maioria absoluta aprove a substituição integral do parque automóvel actualmente existente porque a casa do povo não é para os deputados se exibirem em automóveis topo de gama. Entregá-los ás locadoras e manter apenas e só aos presidentes dos grupos parlamentares automóveis de locomoção eléctrica, poupando-se assim quer nos custos elevados da compra dos automóveis e nos combustíveis. Acabar com a pouca vergonha do sistema de funcionamento do Restaurante/Bar da Assembleia da República, cujos valores praticados para os deputados são módicos e obviamente o diferencial é suportado pelo orçamento da Assembleia da República. Rever as concessões atribuídas em matéria de telecomunicações que aí também se consomem elevadas verbas. Propor que os deputados que não estão a exercer a sua função em regime de exclusividade, passarem a receber apenas metade do valor do seu vencimento. A partir da Cava do Povo teríamos de imediato um enorme decréscimo de verbas desperdiçados com mordomias que todo o povo contesta, sabendo como sabe o que vigora nos parlamentos dos países da Europa, nomeadamente nos escandinavos. De seguida passar aos diversos ministérios. Acabar com a distribuição de automóvel aos directores-gerais. No Ministério da Administração Interna mais propriamente na PSP substituir integralmente o seu parque automóvel por veículos de locomoção eléctrica e aqui haveria dupla poupança no valor do veículo e no consumo do combustível. Os automóveis da PSP iriam reforçar o parques da GNR por razões óbvias. Procedimento igual em todos os ministérios, ou seja substituir todos os automóveis de funcionamento a diesel por funcionamento eléctrico, pois o mercado proporciona aos interessados vários modelos e valores, tendo em conta que não seria nunca permitido a compra dum automóvel da marca TESLA que apesar do funcionamento ser exclusivamente eléctrico o seu custo é muito elevado. Quer a nível dos ministérios quer da casa do pessoal da Presidência da República, determinar o número suficiente e necessário de assessores, dado como temos sabido o orçamento da PR é superior ou de alguns países ricos. Adoptar o mesmo procedimento em relação aos ministérios. Determinar o número suficiente e necessário de assessores. Aos ministérios e a assembleia da república ser vedado ou melhor,  proibido requisitar pareceres jurídicos a escritórios de advogados, como sabemos gastam-se fortunas, quando não se justifica porque todos os ministérios possuem gabinetes jurídicos que ninguém percebe para que servem. Ou então se querem manter este regime, acabem com os gabinetes jurídicos dos ministérios o que não me parece que faça sentido porque é pessoal do quadro. Ainda ao nível dos ministérios, relativamente ao uso e abuso das chamadas telefónicas, barrar o acesso para chamadas para o exterior, em todos os departamentos com excepção dos telefones atribuídos ás chefias. Julgo só pelo enunciado destas medidas com as quais António Costa se deveria comprometer entre outras que não me ocorrem de momento, ele conseguiria insisto,  sobre compromisso de honra, entusiasmar os eleitores que já perceberam que todas as promessas relativamente ao corte nas gorduras do Estado não têm passado disso, mas se houver um compromisso de honra para as implementar julgo que muita gente votará do PS. 

A expressão “é economia estúpido” vulgarizou-se nos artigos de opinião publicado nos jornais, apesar de quase todos não saírem do mesmo raciocínio

Normalmente esta expressão é usada pelos conhecedores de economia doméstica, ou seja aqueles que julgo poderem chamar-se de trazer por casa. E o porquê desta minha forma de os considerar?

Porque são quase todos da mesma opinião apesar de haver muitos economistas na nossa praça que são de opinião diferente deles. Nos debates televisivos que têm ocorrido e por força da situação grega esses mesmos economistas de trazer por casa, entendem que o líder do PS ao anunciar a necessidade de reestruturação da dívida pode assustar os eleitores indecisos na medida em que já foi dito na UE que perdões não haverá. Julgo que ninguém quer perdões de dívida nem eles têm de ocorrer, porque quem deve, tem de pagar. Mas o valor que a mesma atingiu como já foi por muita gente entendida nesta matéria é impagável,  e sobretudo se sobre ela continuarem a sobrepor-se os juros que obviamente vão agravá-la mais, então essa impossibilidade ainda se torna mais evidente,  Portanto quanto António Costa aflora a necessidade de reestruturação da dívida é no sentido de por exemplo, penso eu, de os juros que já foram vencidos respeitam-se, mas a partir de data da reestruturação os juros devem ser banidos para evitar que a dívida continue a crescer exponencialmente. E é sabido que os credores não têm nada a perder porque o que tinham a ganhar já está garantido face ao elevado montante dos juros vencidos. Parece-me pois linear esta a base para a renegociação da dívida e isso não me parece que possa ser um papão para assustar o eleitorado e desta forma garantir a manutenção da actual coligação no governo. Julgo mesmo um disparate enorme tal argumento. E de resto temos um exemplo que podemos usar. Os lesados do BES, na qualidade de credores deste banco, neste momento não estão à espera de serem reembolsados do dinheiro que investiram mais os juros que lhes prometeram por esse investimento. Os lesados do BES neste momento de desespero querem apenas e tão só serem reembolsados do seu dinheiro e já ficarão muitos satisfeitos por isso, pois não lhes passará certamente pela cabeça, que além do dinheiro que investiram, possa ser possível pagarem-lhes os juros que se venceram porque o banco faliu. 

Porque divulgar é preciso aqui vai acabada de receber

BOM DIa!

DIABETES: Água com estômago vazio!!

 

 Quanto mais se sabe, maiores hipóteses de sobrevivência…
Um cardiologista diz que se todos que receberem esta mensagem, a enviarem a pelo menos uma das pessoas que conhecem, pode ter a certeza de que, pelo menos, poderá salvar uma vida.Ll
Beba água com estômago vazio.

Hoje é muito popular, no Japão, beber água imediatamente ao acordar. Além disso, a evidência científica tem demonstrado estes valores. Abaixo divulgamos uma descrição da utilização da água para os nossos leitores.

Para doenças antigas e modernas, este tratamento com água tem sido muito bem sucedido….

Para a sociedade médica japonesa, uma cura de até 100% para as seguintes doenças:

Dores de cabeça, dores no corpo, problemas cardíacos, artrite, taquicardia, epilepsia, excesso de gordura, bronquite, asma, tuberculose, meningite, problemas do aparelho urinário e doenças renais, vômitos, gastrite, diarreia, diabetes, hemorroidas, todas as doenças oculares, obstipação, útero, câncer e distúrbios menstruais, doenças de ouvido, nariz e garganta.

Método de tratamento:
1. De manhã e antes de escovar os dentes, beber 2 copos de água.

2. Escovar os dentes, mas não comer ou beber nada durante 15 minutos.

3. Após 15 minutos, você pode comer e beber normalmente.

4. Depois do lanche, almoço e jantar não se deve comer ou beber nada durante 2 horas.

5. Pessoas idosas ou doentes que não podem beber 2 copos de água, no início podem começar por tomar um copo de água e aumentar gradualmente.

6. O método de tratamento cura os doentes e permite aos outros desfrutar de uma vida mais saudável..

A lista que se segue apresenta o número de dias de tratamento que requer a cura das principais doenças:
1. Pressão Alta – 30 dias

2. Gastrite – 10 dias

3. Diabetes – 30 dias

4. Obstipação – 10 dias

5. Câncer – 180 dias

6. Tuberculose – 90 dias

7. Artrite – Os doentes com artrite devem continuar o tratamento por apenas 3 dias na primeira semana e, desde a segunda semana, diariamente.

Este método de tratamento não tem efeitos secundários. No entanto, no início do tratamento terá de urinar frequentemente.

É melhor continuarmos o tratamento mesmo depois da cura, porque este procedimento funciona como uma rotina nas nossas vidas. Beber água é saudável e dá energia.

Isto faz sentido: o chinês e o japonês bebem líquido quente (chá verde) com as refeições, e não água fria.

Talvez tenha chegado o momento de mudar seus hábitos de água fria para água quente, enquanto se come.. Nada a perder, tudo a ganhar!

Para quem gosta de beber água fria.

Beber um copo de água fria ou uma bebida fria após a refeição solidifica o alimento gorduroso que você acabou de comer. Isso retarda a digestão.

Uma vez que essa ‘mistura’ reage com o ácido digestivo, ela reparte-se e é absorvida mais rapidamente do que o alimento sólido para o trato gastrointestinal. Isto retarda a digestão, fazendo acumular gordura em nosso organismo e danifica o intestino.

É melhor tomar água morna, ou se tiver dificuldade, pelo menos água natural.

Nota muito grave – perigoso para o coração:

As mulheres devem saber que nem todos os sintomas de ataques cardíacos vão ser uma dor no braço esquerdo.

Esteja atento para uma intensa dor na linha da mandíbula. Você pode nunca ter primeiro uma dor no peito durante um ataque cardíaco.

Náuseas e suores intensos são sintomas muito comuns.

60% das pessoas têm ataques cardíacos enquanto dormem e não conseguem despertar. Uma dor no maxilar pode despertar de um sono profundo…

Sejamos cuidadosos e vigilantes.

 

 

Notícia acabada de ouvir e face à mesma me parece que os justiceiros de José Sócrates vão ser contrariados nas suas desconfianças.

Acabei de ouvir no telejornal das 13H00 que o andar de José Sócrates em Lisboa foi penhorado pela autoridade tributária em virtude do mesmo dever ás finanças 5 mil euros. Ora para quem está a ser investigado por possuir mais de vinte milhões de euros que resultam segundo o acusador o procurador Rosário Teixeira do crime de tráfego de influências, fuga ao fisco e corrupção, acusação essa reiterada pelo juiz Carlos Alexandre que o mantém na cadeia de Évora, parece-me pois que afinal, face a esta dupla penhora dado que a própria CGD também a accionou por dívida de Sócrates a esta instituição de crédito, face a um empréstimo que lhe foi concedido. Julgo que perante estes dois factos que desmentem totalmente os indícios que levaram os ditos magistrados a prenderem José Sócrates caem por terra, pois não faz sentido nenhum que alguém que está rico por ter sido corrupto, deixe de cumprir com as suas obrigações fiscais e mais ainda com os compromissos bancários que assumiu. Desconfio que isto vai acabar mal mas mesmo muito mal para os justiceiros apesar de ter a noção de que nada de grave lhes acontecerá por esta sua evidente irresponsabilidade, visto que José Sócrates face à sua prisão perdeu o emprego e deixou de ter qualquer tipo de rendimento para lhe poder assegurar os compromissos e obrigações fiscais que lhe são inerentes.

Com o PSD a governar é sempre a sacar. Ora vejam esta denuncia que reproduzo

 

Cavaco SilvaEm 12Mai 2015 enviei um mail ao Banco de Portugal, no qual perguntava onde param as 17 Toneladas de Ouro emprestadas a um banco americano que faliu logo a seguir. Passou-se este “belo episódio” em 1990, tendo como intervenientes o Banco de Portugal e como Artista Principal o anibal (leia-se animal) cavaco silva que, num acto tresloucado, (ou que interesses estavam por detrás?) nos deixou “encavados” com menos 17 Milhões de Gramas de Ouro que não lhe pertenciam nem ao Banco de Portugal e não me lembro de ter havido qualquer outro aval para tornar o avalista também responsável e conivente. Como não obtive resposta nem as Autoridades se pronunciaram nem tomaram qualquer medida de punição por tal Crime de Lesa-Pátria-Estado-Povo, volto a solicitar uma resposta pois isto de pagar todas as Cavalidades dos Governantes tem de ter um fim.

12 de Maio de 2015

para PRESIDÊNCIA, PRESIDENTE, PRIMEIRO, MINISTRO, MINISTRO, MINISTRO, TRIBUNAL, PGR, PROVEDOR, MINISTRO, MINISTRO, MINISTRO, MINISTRO, MINISTRO, MINISTRO, MINISTÉRIO, MAGISTRADOS, GRUPO, GRUPO, GRUPO, GRUPO, GRUPO, GRUPO, Cidadania, Imprensa

Perguntar é um dever cívico…e o nosso Ouro “sôr” presidente?

Já lá vão uns anos e dos arautos da defesa e bom nome do nosso País, nada mais se ouviu sobre o assunto…Comentadores e médias idem idem…

Finalmente, ONDE ESTÁ O OURO?

Banco de Portugal perdeu 17 toneladas de ouro em 1990, com o amém de Anibal Cavaco Silva,

Vamos relembrar os GRANDES NEGÓCIOS, desta gentinha!

.

Os responsáveis pela bancarrota de Portugal

MAIS PALAVRAS PARA QUÊ?

É assim que chegamos a esta falência de Portugal.
Fazem falta agora estas 17 toneladas de ouro, 554 milhões de euros (32,6 euros/grama, cotação de hoje ), e ninguém é responsabilizado, que memória curta tem o ZÉ POVINHO …
O Banco de Portugal – BdP “depositou” 17 toneladas de ouro, 554 milhões de euros num banco falido de Wall Street, o Drexel Burnham Lambert, que encerrou no dia seguinte… grandes governantes temos no País e grandes gestores que tem o BdP.
Claro que a múmia paralítica de Belém, o aníbal, já não se lembra, já está senil e com alzheimer, pobre diabo …
E ainda se admiram de estarmos falidos…

Anda Zé Povinho, continuem a ver:

NOVELAS MORANGOS COM TRAMPA E OUTRAS (PARA NOS ADORMECER…)
FUTEBOL
RELIGIÃO
FADOS
QUE VÃO VOTAR SÓ OS DO COSTUME
Continuem a doar 500 milhões de euros, todos anos, para ( Angola \ Moçambique \ Guiné Bissau \ S.Tomé e Príncipe \ Cabo Verde \ Timor ).
Dinheiro que certamente vai para os pobrezinhos africanos e timorenses, ME ENGANA QUE EU GOSTO …………

CONTINUEM ASSIM…
Bem merecem o que aí vem…

Ramiro Lopes Andrade

—————————————————————————————————————————————————

http://informacaoincorrecta.blogspot.com.br/2013/07/onde-estao-as-reservas-de-ouro-parte-i.html

Em 1990, a Drexel Burnham Lambert, um dos principais bancos comerciais na época, foi à falência envolvida no escândalo dos junk bonds de Michael Milken, homem da grande Finança acusado de extorsão e fraude.
Poucas pessoas sabem que o Banco de Portugal (óbvio…) tinha emprestado 17 toneladas de ouro ao banco.
Ouro que simplesmente evaporou, numa altura em que era cotado a 380 Dólares por onça.

—————————————————————————————————————————————————

http://resistir.info/rui/imperio_do_dolar.html

A memória é curta.

Já ninguém se lembra se não for recordado.

Mas é verdade que em 1990 o Banco de Portugal foi noticia de caixa alta por uma má razão:

17 toneladas de ouro das suas reservas, entregues a uma então prestigiada instituição financeira de Wall Street, que acabava de declarar falência, estavam mal paradas.
Não deixemos que os nossos (des)governantes nos continuem a sujeitar a estes vexames


Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 691,542 hits

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

  • RT @fernando_cabral Blogger da Geórgia explica ataque ao twitter http://bit.ly/Oybo5: Fica assim provado que os russos são uns tipos porreir 7 years ago
  • não a favoreceu. Bem longe disso. 7 years ago
  • Isto por aqui está desinteressante, ninguém aborda ninguém, por falta de tema desafiante, adeus e passem muito bem 7 years ago
  • Será que a ideia de rasgar, vai contemplar o plano tecnológico, para que Portugal possa ficar, mais atrasado no resultado lógico 7 years ago
  • a compra de de tamiflu que nem sequer está aconselhado para combater esta estirpe 7 years ago

Follow me on Twitter