Não tenho uma particular simpatia pela TAP porque foi uma companhia de aviação criada pelo anterior regime e cujo sustentáculo eram as ex-colónias

E por essa razão os então chamados africanistas que eram os portugueses que tinham debandado do continente para as ex-colónias em busca duma vida melhor, uns conseguiram-na com êxito, nem sempre recorrendo a boas práticas face aos autóctones mas outros que honestamente conseguiram naqueles territórios construir as suas vidas e através das suas iniciativas, não só desenvolvendo aqueles territórios sobre a administração portuguesa, como conseguindo ter uma vida que jamais poderia alcançar nas suas terras natais. A TAP como refiro no título deste post foi sempre uma companhia aérea com resultados positivos porque as ligações entre Lisboa e as ex-colónias vinham sempre com as suas aeronaves lotadas por passageiros então radicados nas ex-colónias e muitos deles já nelas nascidos. Os trabalhadores da TAP tinham então um estatuto que nenhum outro trabalhador duma qualquer outra empresa do estado detinha. Apesar de sempre se afirmar, caricatamente na realidade nunca conheci de que Angola, face ao Continente na balança de pagamentos pudesse estar em situação deficitária, nunca acreditei em tal mentira na medida em que aquele território face aos demais, Moçambique, Guiné, Cabo Verde, Timor, Macau, Goa, Damão, Dão e Diu, era o que mais riqueza detinha, pois era o sétimo produtor mundial de café robusta, produzia petróleo, possuía uma exploração diamantífera, além de exportar para o Continente sementes de girassol a granel e cana de açúcar para a sua transformação em óleo alimentar e açúcar refinado e não bastando isso as madeiras exóticas da região de Cabinda e doutros locais, transportados por navios da marinha mercante, em toros, eram o sustentáculo da fabricação das mobílias exóticas que era produzidas em Portugal. Daí que nunca consegui entender porque por mais que os entendidos me quisessem explicar, apesar de um dos argumentos é que as forças armadas estacionadas no território de Angola era uma das razões do desequilíbrio da balança de pagamentos. Terminado que foi o período da colonização de Portugal, a receita da TAP caíu a pique porque deixaram de existir as condições que asseguravam a sua manutenção. E foi na altura em que se registou o período da descolonização que a única forma de quem tinha na altura as suas economias representadas pelo conhecido escudo angolano, não havia outra forma de transferir dinheiro sem ser no mercado negro a mais de 300%, comprei por duas vezes à TAP na altura cada bilhete custava doze contos, em período diferenciados dois bilhetes, uma vez que através dessa compra, poderíamos trocar com a apresentação do bilhete, cinco contos em escudos nacionais. Não tenho insisto nenhuma simpatia especial pela TAP, até porque apesar de ter comprado 2 bilhetes para viajar de Luanda para Lisboa, para poder transferir através da compra de cada bilhete cinco contos, acabei por ser evacuado a um mês de independência da Angola, pelo terminal da então Força Aérea Portuguesa, num Boeing 707 da Swissair que era uma das duas companhia incluindo a Lufthansa, que na altura e a título gratuito, assumiram a evacuação de todos aqueles que quiseram sair da Angola, face à guerra civil que entretanto se desenrolava entre o MPLA, a UNITA e a FNLA, querendo qualquer um deles assumir a governação da Angola, desrespeitando em absoluto os Acordos de Alvor então celebrados em Portugal. Para concluir. A TAP não tem qualquer viabilidade para concorrer com as empresas de aviação que praticam preços muito mais aliciantes, visto disporem duma estrutura muito menos pesada do que a TAP possui.   

0 Responses to “Não tenho uma particular simpatia pela TAP porque foi uma companhia de aviação criada pelo anterior regime e cujo sustentáculo eram as ex-colónias”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s




Arquivos

Central Blogs

congeminações

Central Blogs

Categorias

congeminações

  • 714.962 hits

Comentários Recentes

Figueiredo em Absolutamente ridícula esta in…

4shared

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa
Listed on BlogShares
Powered by BannerFans.com
Twingly BlogRank

twitter

congeminacoes

Follow me on Twitter


%d bloggers like this: